PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
1 mês

Índia está 'em pé de guerra' ao ver infecções de covid passarem de 24 milhões

Profissionais de saúde transferem corpo de vítima da covid-19 do IML em Ahmedabad, na Índia - REUTERS/Amit Dave
Profissionais de saúde transferem corpo de vítima da covid-19 do IML em Ahmedabad, na Índia Imagem: REUTERS/Amit Dave

Tanvi Mehta e Shilpa Jamkhandikar

14/05/2021 10h41Atualizada em 14/05/2021 11h31

NOVA DÉLHI (Reuters) - O primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, acionou o alarme por causa da disseminação rápida do coronavírus pelo vasto interior do país nesta sexta-feira, quando o número oficial de infecções ultrapassou 24 milhões e 4 mil pessoas morreram pelo terceiro dia consecutivo.

Detectada primeiramente na Índia, a variante do coronavírus B.1.617 altamente transmissível também está se espalhando pelo mundo, e Modi disse que seu governo está "em pé de guerra" na luta contra o contágio.

"O surto está chegando a áreas rurais com grande velocidade", disse Modi falando a um grupo de agricultores em uma conferência virtual. "Quero mais uma vez alertar todos os agricultores e todos aqueles que vivem em vilarejos sobre o corona."

Embora cerca de dois terços dos indianos morem em cidades e vilarejos rurais onde as instalações de saúde são parcas, foi a primeira vez que o premiê se referiu especificamente à disseminação do vírus no interior desde que uma segunda onda da epidemia teve início em fevereiro.

Dados do Ministério da Saúde revelaram 4 mil mortes e 343.144 infecções nas últimas 24 horas. Foi o terceiro dia consecutivo com 4 mil fatalidades ou mais, mas as infecções se mantém abaixo do pico de 414.188 da semana passada.

O número de infecções desde que a pandemia chegou à Índia, mais de um ano atrás, passou de 24 milhões, e a quantidade de mortes está em 262.317.

Mas especialistas dizem que a falta de exames em muitos lugares, particularmente em áreas rurais, significa que a contagem oficial subestima imensamente a verdadeira escala da crise.

A televisão transmitiu imagens de famílias chorando pelos mortos em hospitais rurais ou acampando em alas hospitalares para cuidar dos doentes.

Corpos aparecem nas margens do Rio Ganges, que atravessa os Estados mais populosos do país, já que os crematórios estão lotados e a madeira para piras funerárias está escassa.

"Estamos retirando todos os obstáculos que estão atrapalhando quaisquer recursos que necessitemos nesta luta", disse Modi. "O trabalho está sendo feito em pé de guerra. Todos os departamentos do governo, todos os recursos, nossas Forças Armadas, nossos cientistas, todos estão trabalhando dia e noite para se contrapor à covid, juntos."

A variante indiana B.1.617 já foi encontrada em oito nações das Américas, incluindo Canadá e Estados Unidos, disse Jairo Mendez, especialista em doenças infecciosas da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Reportagem adicional de Anuron Kumar Mitra em Bengaluru

Coronavírus