PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
2 meses

OMS diz que países não devem pedir reforço de vacina contra covid enquanto outros precisam

Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS (Organização Mundial da Saúde), em coletiva de imprensa - Pavlo Gonchar/SOPA Images/LightRocket via Getty Images
Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS (Organização Mundial da Saúde), em coletiva de imprensa Imagem: Pavlo Gonchar/SOPA Images/LightRocket via Getty Images

Emma Farge, John Revill e Peter Graff

12/07/2021 12h33Atualizada em 12/07/2021 13h13

Os países não deveriam pedir doses de reforço para suas populações vacinadas enquanto outros países ainda não receberam imunizantes contra a covid-19, disse a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta segunda-feira.

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse que as mortes aumentaram novamente com a pandemia de covid-19, a variante mais transmissível Delta está se tornando dominante e muitos países ainda não receberam doses de vacina o suficiente para proteger seus profissionais de saúde.

Coronavírus