Romney ganha apoio do governador de Porto Rico


ORLANDO, EUA, 27 Jan 2012 (AFP) -O governador de Porto Rico, Luis Fortuño, manifestou nesta sexta-feira seu apoio ao pré-candidato republicano Mitt Romney em Orlando, onde vive grande parte da comunidade portorriquenha, que representa a segunda maior comunidade hispânica da Flórida depois dos cubanoamericanos.

"Apoio Mitt Romney como presidente dos Estados Unidos", disse Fortuño em um evento em Orlando (centro da Flórida), poucas horas depois de Romney ter prometido em Miami que apoiaria a anexação de Porto Rico como o 51º estado do país se os puertorriquenhos votarem por essa opção em um referendo.

Romney, que lidera com uma pequena vantagem as pesquisas na Flórida, se disse a favor de que Porto Rico se torne o estado número 51 dos Estados Unidos, caso os portorriquenhos aprovem a medida em um referendo não-vinculante que deve ser realizado este ano.

"Posso dizer a vocês que vou trabalhar com ele (Fortuño) para assegurar que, se esse voto for a favor da anexação, nós faremos o processo em Washington para dar essa condição a Porto Rico", prometeu Romney em uma entrevista coletiva à imprensa antes de participar da convenção da Rede de Liderança Hispânica (HLN, siglas em inglês), em Doral, cidade vizinha de Miami.

A apenas quatro dias das primárias na Flórida, os candidatos cortejam os hispânicos do estado, que representam 22,5% da população.

Em termos gerais, o eleitorado hispânico representa 13,1% dos eleitores registrados na Flórida, com cerca de 452.000 afiliados ao Partido Republicano, 564.000 ao Partido Democrata e por volta de 430.000 'indecisos', que fazem deste estado um quebra-cabeça político complexo.

Entre os hispânicos, a comunidade cubanoamericana se identifica majoritariamente como republicana, a portorriquenha -pelo menos um milhão no estado-, conta com 15% de republicanos e mais de 20% de democratas, enquanto que 30% são independentes que votam dependendo do candidato.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos