Francês é assassinado em Buenos Aires por uma câmera fotográfica


Buenos Aires, 8 fev (EFE).- O turista francês Laurent Schwebel, de 52 anos, morreu esfaqueado nesta quarta-feira por um criminoso que queria roubar sua câmara fotográfica no centro de Buenos Aires.

Schwebel, geólogo, fotógrafo e guia turístico da empresa de viagens Grands Espaces, tinha participado de uma expedição pela Antártida e fazia na capital argentina uma escala em sua viagem de volta à França, detalhou à Efe Christian Kempf, colega de trabalho da vítima.

O francês recebeu uma facada quando reagiu a um assalto na frente do monumento em homenagem às vítimas da Guerra das Malvinas, na Praça do Libertador, próxima à estação de ônibus e trens do Retiro.

Segundo os meios de comunicação locais, o assaltante foi detido minutos depois pela Polícia federal argentina e, segundo a imprensa local, já cometeu outros delitos na mesma região.

Segundo explicou Kempf, Laurent Schwebel tinha a intenção de visitar as cataratas do Iguaçu, na fronteira entre Argentina e Brasil, antes de retornar à Europa.

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos