PUBLICIDADE
Topo

Chico Alves

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Frente de Caminhoneiros pede à PRF segurança contra manifestantes

Manifestações pró e contra na saída de um caminhão que permanecia estacionado - Fábio Motta/Estadão Conteúdo
Manifestações pró e contra na saída de um caminhão que permanecia estacionado Imagem: Fábio Motta/Estadão Conteúdo
Chico Alves

Chico Alves é jornalista, por duas vezes ganhou o Prêmio Embratel de Jornalismo e foi menção honrosa no Prêmio Vladimir Herzog. Foi editor-assistente na revista ISTOÉ e editor-chefe do jornal O DIA. É co-autor do livro 'Paraíso Armado', sobre a crise na Segurança Pública no Rio, em parceria com Aziz Filho.

Colunista do UOL

08/09/2021 18h24

Presidente da Frente Parlamentar de Caminhoneiros e Celetistas, o deputado Nereu Crispim (PSL-RS) enviou ofício ao Diretor Geral da Polícia Rodoviária Federal (DGPRF), Silvinei Vasques, para resguardar a segurança de motoristas de caminhão que estão sendo atacados em algumas rodovias. A mensagem pede apoio urgente das forças de segurança para "cumprir e fazer cumprir a legislação brasileira, garantir a liberdade dos caminhoneiros, conter e evitar intercorrências do tipo e sua evolução".

No texto, o deputado explica que a solicitação é feita em decorrência dos atos e manifestações iniciadas ontem e que ainda estão acontecendo. Cita "as obstruções de trânsito em estradas federais com madeiras, pedras e pneus e também ameaças à integridade física e danos ao patrimônio com lançamento de pedras" contra caminhoneiros autônomos, descumprindo a Constituição, que se refere ao livre direito de ir e vir. As ocorrências se concentram principalmente em vias de Santa Catarina.

"Não é verdade que os policiais rodoviários estejam facilitando para os manifestantes", explicou Nereu Crispim à coluna. "A informação que recebi é que eles primeiro tentam negociar e somente se as retenções se estenderem vão agir com mais rigor".

Ele afirma que esses manifestantes são pessoas infiltradas, ligadas a empresas de agronegócio, se fazendo passar por caminhoneiros.

Segundo o Ministério da Infraestrutura, até 17h 30m foram registrados pontos de concentração em rodovias federais com abordagem a veículos de cargas em 8 estados: Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Paraná, Maranhão e Rio Grande do Sul.

O presidente da Frente Parlamentar de Caminhoneiros e Celetistas enviou cópia do ofício ao presidente Jair Bolsonaro, vice-presidente Hamilton Mourão, cinco ministros, presidente do Supremo Tribunal Federal, presidentes da Câmara e Senado. "Isso é para que eles saibam que a responsabilidade pelo que acontecer é deles", ressalta Crispim.