PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Thaís Oyama


O "fio desencapado" não é Queiroz, mas sua filha, Nathalia

Nathalia, à direita, com a atriz Bruna Marquezine: força-tarefa para acalmar a filha de Queiroz -
Nathalia, à direita, com a atriz Bruna Marquezine: força-tarefa para acalmar a filha de Queiroz
Thaís Oyama

Thaís Oyama é comentarista política da rádio Jovem Pan. Foi repórter, editora e redatora-chefe da revista VEJA, com passagens pela sucursal de Brasília da TV Globo, pelos jornais Folha de S. Paulo e O Estado de S Paulo, entre outros veículos. É autora de "Tormenta - O governo Bolsonaro: crises, intrigas e segredos" (Companhia das Letras, 2020) e de "A arte de entrevistar bem" (Contexto, 2008).

Colunista do UOL

19/06/2020 10h49

Nathalia Melo de Queiroz, a filha mais velha de Fabrício Queiroz, é personal trainer. Integrante da equipe de Chico Salgado, o "treinador das estrelas" no Rio de Janeiro, ela vinha aos poucos "herdando" parte da cartela de clientes do chefe, que incluía os atores Bruno Gagliasso e as atrizes Bruna Marquezine e Giovanna Lancellotti.

Quando o escândalo Queiroz estourou, em dezembro de 2018, Nathalia viu seus alunos famosos se afastarem. A perda de Gagliasso foi a que mais abalou a personal trainer.

Há cerca de oito meses, Nathália "explodiu".

Fez chegar aos Bolsonaro a mensagem de que sua vida estava arruinada e de que ela e seu pai haviam sido "usados" pela família do presidente.

O relatório do Coaf que embasou a operação Furna da Onça mostrou que, ao longo de 2016, quando a filha de Queiroz ainda constava como assessora de Flávio Bolsonaro na Alerj, ela repassou ao pai um total de 97,6 mil reais. A personal trainer, no entanto, diz a amigos que nunca colocou "um centavo no bolso".

As ameaças de Nathalia reverberaram a tal ponto que os Bolsonaro tiveram de enviar uma "força-tarefa" para acalmá-la em sua casa, em Oswaldo Cruz, zona norte do Rio (hoje, Nathalia está morando na Barra). Ao menos um funcionário do gabinete do senador estava nesse grupo.

Ao contrário de Márcia Aguiar, mulher de Queiroz, Nathalia não recebeu ordem de prisão nem foi chamada a depor. Queiroz sabe da fragilidade emocional da filha e o que mais teme é que os investigadores mudem de opinião.

E os investigadores já fizeram Queiroz saber que podem mudar.

Thaís Oyama