Topo

UOL Confere

Uma iniciativa do UOL para checagem e esclarecimento de fatos


Nordeste tem mais ONGs registradas do que a Amazônia, apontam institutos

Arte UOL sobre foto da AP
Imagem: Arte UOL sobre foto da AP

Lucas Borges Teixeira

Colaboração para o UOL, em São Paulo

07/09/2019 04h00

Desde que o aumento das queimadas na região da Amazônia tornou-se um assunto internacional, uma série de correntes começou a circular pelas redes sociais no Brasil questionando a verdadeira intenção de ONGs e países com a floresta brasileira.

"Por que não há tantas ONGs estrangeiras no Nordeste seco como há na Amazônia?", questiona uma delas, compartilhada mais de 4.000 vezes no Facebook. Outra, de conteúdo semelhante, exibe um mapa do Brasil que indica que a região da Amazônia tem 100 mil ONGs enquanto a nordestina não tem nenhuma.

No mesmo tom, uma terceira indica que o Brasil teria 820 mil ONGs registradas. A informação é compartilhada junto a uma foto do presidente Jair Bolsonaro: "Isso tem que acabar".

Institutos divergem sobre número de ONGs

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e o Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), duas importantes instituições de pesquisa vinculadas ao Ministério da Economia, divergem sobre o número de organizações não-governamentais sem fins lucrativos registradas no Brasil.

De acordo com o IBGE, o Brasil tem 236.950 ONGs registradas, enquanto o Ipea indica mais do que o triplo: cerca de 820 mil, como aponta uma das correntes.

Amazônia não tem mais ONGs do que o Nordeste

Embora os números se desencontrem sobre a quantidade de organizações em cada região, ambos apontam que a Amazônia não tem mais ONGs do que o Nordeste.

Segundo o IBGE, os nove estados que compõem a Amazônia Legal (os sete estados do Norte, mais Maranhão e Mato Grosso) têm, somados, 15.919 ONGs registradas. Enquanto isso, o Nordeste tem 44.496 organizações, quase o triplo.

O cálculo do Ipea segue lógica semelhante. O estudo do instituto corrobora a informação de uma das correntes ao indicar que os nove estados da Amazônia Legal somam cerca de 106 mil ONGs. Por outro lado, o Nordeste, com 205 mil registros, está bem longe de não ter nenhuma.

Dinheiro recuperado pela Lava Jato será usado na Amazônia

Band Notí­cias

Repasses a ONGs não atrapalham saúde e educação

"Por isso que não sobra dinheiro para escolas e hospitais", diz a legenda que acompanha a foto do presidente em uma das correntes, ao questionar as prioridades de aplicação do dinheiro público. No entanto, o repasse federal para as instituições sem fins lucrativos não compete com as transferências para as áreas de saúde e educação.

Em 2018, de acordo com a CGU (Controladoria Geral da União), o governo federal repassou R$ 6,6 bilhões para instituições sem fins lucrativos. Neste mesmo período, a União investiu R$ 108 bilhões em saúde e R$ 95,5 bilhões em educação.

Além disso, as áreas de saúde e educação têm um repasse mínimo da União previsto constitucionalmente. Isso significa que o governo não poderia transferir dinheiro básico destas áreas para ONGs nem se quisesse.

O UOL Confere é uma iniciativa do UOL para combater e esclarecer as notícias falsas na internet. Se você desconfia de uma notícia ou mensagem que recebeu, envie para uolconfere@uol.com.br.

Mais UOL Confere