PUBLICIDADE
Topo

UOL Confere

Uma iniciativa do UOL para checagem e esclarecimento de fatos


Parece, mas não é: jovem que usa fuzil é sueca, porém não é Greta Thunberg

Arte/UOL sobre Reprodução/Twitter
Imagem: Arte/UOL sobre Reprodução/Twitter

Lucas Borges Teixeira

Colaboração para o UOL, em São Paulo

11/12/2019 04h02

A jovem ativista sueca Greta Thunberg protagonizou dois eventos envolvendo o Brasil no Twitter nesta terça-feira (10): um verdadeiro e um falso.

O verdadeiro é que ela mudou a descrição de sua conta para "Pirralha" depois que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se referiu publicamente a ela desta maneira.

O falso é que ela teria sido filmada dando tiros com uma arma de alto calibre. A informação, compartilhada por meio de vídeo, foi replicada internacionalmente e compartilhada inclusive por parlamentares brasileiros, como a deputada estadual Letícia Aguiar (PSL-SP).

"Até a pirralha da Greta Thunberg atira. Dia de tela azul na lacrosfera. #ArmasPelaVida", tuitou a parlamentar. O analista de segurança Bene Barbosa também usou o vídeo, mas depois fez um post sobre a fake news.

Não é Greta Thunberg no vídeo

O vídeo é verdadeiro, mas a identidade, não. As imagens, na verdade, não mostram a jovem ativista sueca, mas outra jovem chamada Emmy, conterrânea de Greta.

Por meio de mensagens no Twitter, Emmy confirmou ao UOL Confere que é ela, e não a ativista, nas imagens. O vídeo que viralizou foi postado originalmente em sua conta na manhã do último sábado (7).

Entusiasta de armas, Emmy já havia postado outras imagens do tipo, mas, com a divulgação no Brasil e nos Estados Unidos, o vídeo em questão passou de 123 mil visualizações, enquanto outros não chegavam a 600.

Dada a repercussão internacional, a jovem, que não tinha mais de 3.000 seguidores, decidiu fechar sua conta no Twitter na tarde de hoje.

Ao UOL Confere, a Fridays For Future, ONG internacional que Greta ajudou a fundar, também indicou que não era a jovem no vídeo.

Greta já foi alvo de outras fake news

Esta não é a primeira vez que a jovem sueca é alvo de fake news no Brasil e internacionalmente.

O UOL Confere já desmentiu que ela havia postado uma foto comendo em frente a crianças passando fome, como divulgou o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), e que ela seria financiada pelo bilionário George Soros.

O UOL Confere é uma iniciativa do UOL para combater e esclarecer as notícias falsas na internet. Se você desconfia de uma notícia ou mensagem que recebeu, envie para uolconfere@uol.com.br.

UOL Confere