PUBLICIDADE
Topo

UOL Confere

Uma iniciativa do UOL para checagem e esclarecimento de fatos


UOL Confere

Bandeira verde e amarela não ganhou vermelho; cores são da Guiné-Bissau

24.ago.2021 - Print de vídeo com a alegação falsa de que "estão colocando uma faixa vermelha na nossa bandeira verde e amarela". Bandeiras têm as cores de Guiné-Bissau, cujo presidente visita o Brasil - Arte sobre reprodução/Facebook
24.ago.2021 - Print de vídeo com a alegação falsa de que "estão colocando uma faixa vermelha na nossa bandeira verde e amarela". Bandeiras têm as cores de Guiné-Bissau, cujo presidente visita o Brasil Imagem: Arte sobre reprodução/Facebook

Bernardo Barbosa

Do UOL, em São Paulo*

24/08/2021 15h53Atualizada em 24/08/2021 18h04

Um vídeo que circula no WhatsApp e em redes sociais hoje (24) trata a instalação de bandeiras nas cores da Guiné-Bissau em Brasília como se fossem uma alteração indevida da bandeira brasileira, o que é FALSO. As bandeiras em verde, amarelo e vermelho foram instaladas por conta da visita do presidente do país africano, Umaro Sissoco Embaló, que foi recebido pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no Palácio do Planalto.

"Estão colocando uma faixa vermelha na nossa bandeira verde e amarela", diz o narrador do vídeo, que não aparece nas imagens, ao fazer a alegação incorreta. "Eles não estão mais escondendo. É guerra. Como é que permitiram uma coisa dessas?"

Veja abaixo a bandeira da Guiné-Bissau, em verde, amarelo e vermelho:

Bandeira da Guiné-Bissau - Wikimedia Commons - Wikimedia Commons
Bandeira da Guiné-Bissau
Imagem: Wikimedia Commons

Veja também uma foto da visita do presidente do país africano, com as bandeiras ao fundo:

Bandeiras nas cores do Brasil e da Guiné-Bissau foram colocadas em Brasília para a visita do presidente do país africano. No canto esquerdo superior, a imagem mostra os presidentes Jair Bolsonaro e Umaro Sissoco Embaló - Marcos Corrêa/Presidência da República - Marcos Corrêa/Presidência da República
24.ago.2021 - Bandeiras nas cores do Brasil e da Guiné-Bissau foram colocadas em Brasília para a visita do presidente do país africano. No canto esquerdo superior, a imagem mostra os presidentes Jair Bolsonaro e Umaro Sissoco Embaló
Imagem: Marcos Corrêa/Presidência da República

Consultado pelo UOL Confere sobre a instalação das bandeiras, o Ministério das Relações Exteriores respondeu em nota que o presidente da Guiné-Bissau visita o Brasil entre os dias 23 e 28 deste mês e que, "em visitas de Estado, a praxe é instalar flâmulas com as cores nacionais do Brasil e do país visitante."

Em perfis de apoio ao governo, o vídeo foi compartilhado com legendas em tom de indignação. Bandeiras vermelhas são historicamente associadas a grupos de esquerda e a regimes comunistas, e Bolsonaro costuma dizer que a bandeira brasileira "jamais será vermelha".

*Colaborou Luciana Amaral, do UOL em Brasília

O UOL Confere é uma iniciativa do UOL para combater e esclarecer as notícias falsas na internet. Se você desconfia de uma notícia ou mensagem que recebeu, envie para uolconfere@uol.com.br.

UOL Confere