Topo

Itaipu admite falha em transformador após apagão que afetou cinco Estados na noite de quarta

Caio Coronel/Divulgação
Imagem: Caio Coronel/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

2012-10-04T17:39:45

04/10/2012 17h39

A Itaipu Binacional informou nesta quinta-feira (4) que a queda de energia ocorrida na noite de ontem (3) em ao menos cinco Estados brasileiros foi resultado de uma falha em um dos transformadores de aterramento da subestação de Furnas.

Segundo a nota, o erro foi registrado por volta das 20h55 e provocou o desligamento das linhas de 765 kV, além de ter interrompido a totalidade da produção das unidades geradoras de 60 Hz da usina.

O sistema de energia foi reestabelecido às 21h20, quando as linhas de transmissão entraram novamente em operação. 

"Às 22h15, a produção já estava totalmente normalizada", disse a Itaipu, que reconheceu não estar "imunes a falhas". "Nenhum sistema elétrico do mundo está imune a perturbações. Mas quando algo acontece, funcionam os mecanismos de proteção para minimizar os efeitos e reduzir o tempo de reestabelecimento do serviço”, disse o diretor-geral brasileiro da Itaipu, Jorge Samek.

Sistema 'girando em vazio'

Com o corte abrupto na transmissão, as unidades geradoras de 60 Hz passaram a operar na condição "girando em vazio", conforme explicou a Itaipu. "Ou seja, elas continuaram em funcionamento, usando apenas uma quantidade mínima de água, mas sem produzir energia."

O apagão atingiu áreas do Paraná, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Acre, Rondônia e parte do Centro-Oeste. No Paraná, a pane afetou a capital Curitiba e cidades da região metropolitana.

No Rio, houve falta de luz nos bairros de Cascadura, Higienópolis, Guadalupe, Penha e Rocha Miranda, na zona norte, e nas cidades de Nova Iguaçu, Seropédica e Itaguaí, na Baixada Fluminense. Também faltou luz em Niterói e São Gonçalo, cidades que têm a empresa Ampla como concessionária.

Pane elétrico em Brasília

Devido ao desligamento geral da Subestação Brasília Sul, controlada por Furnas Centrais Elétricas, Brasília também enfrentou uma queda de energia por volta das 13h15 desta quinta-feira (4).

A subestação responde por 60% da carga de energia de Brasília, que abastece inclusive a Esplanada dos Ministérios e a Asa Sul. De acordo com o ONS, a subestação sustenta as linhas de transmissão de Furnas, recebendo energia em 345 mil volts e liberando em 138 mil volts. As causas do problema, segundo o ONS, ainda estão sendo investigadas.

Mais Cotidiano