Com R$ 34 milhões, SP é a 2ª capital que mais gasta com Carnaval e bate Salvador

Camila Neuman

Do UOL, em São Paulo

O Carnaval 2013 de São Paulo vai custar R$ 33,9 milhões aos cofres públicos da prefeitura, o que coloca a cidade em segundo lugar no ranking de gastos entre as capitais.

São Paulo fica atrás apenas do Rio de Janeiro (R$ 35 milhões) e supera Salvador (R$ 30 milhões), que deve receber cerca de 600 mil turistas no Carnaval deste ano.

O valor investido em São Paulo para os cinco dias de folia é 70% maior do que o gasto em 2009 (R$ 19,9 milhões) e 6% superior ao da festa de 2012, quando o governo municipal havia investido R$ 31,9 milhões.

De acordo com a prefeitura, do total investido, R$ 10 milhões serão destinados à infraestrutura dos desfiles no sambódromo, de blocos e de carnavais de bairro. O restante é repassado às 78 escolas de samba e blocos carnavalescos cadastrados pela prefeitura.

  • 5962
  • true
  • http://noticias.uol.com.br/enquetes/2013/02/08/as-prefeituras-deveriam-bancar-o-carnaval.js

Segundo a SP Turis (empresa que coordena os eventos turísticos da capital paulista), o Carnaval paulistano é basicamente financiado pela prefeitura, diferentemente da festa em Salvador, que conta com cotas de publicidade mais vultosas.

Em nota, a SPTuris afirma que "oferece todos os recursos e infraestrutura necessários para a realização  do Carnaval paulistano, que é uma festa popular que gera receitas e empregos e traz visibilidade para a cidade".

No entanto, diz não calcular a receita gerada pelo evento por atrair principalmente pessoas que não gastam com turismo.

De toda a verba destinada pela prefeitura, as escolas do Grupo Especial são as que recebem mais, em torno de R$ 710 mil cada uma, valor que vai diminuindo de acordo com a categoria em que a escola se inclui.

Juntas, todas as escolas e blocos investiram R$ 55,7 milhões na produção artística dos espetáculos.

São esperadas 110 mil pessoas no sambódromo da capital paulista nos cinco dias de desfiles (sexta-feira e sábado, do Grupo Especial; domingo, do Grupo de Acesso; segunda-feira, da União das Escolas de Samba Paulistanas; e sexta-feira, das campeãs).

Desse total, segundo números do ano passado, apenas 10,3% eram de turistas estrangeiros, na maioria norte-americanos, e a maioria de paulistanos (79,9%), além de 9,8% da Grande São Paulo, segundo levantamento do Observatório de Turismo da SPTuris. Os índices de frequência esperados para este ano são semelhantes.

Ranking de gastos de prefeituras e o DF com o Carnaval

Rio de Janeiro - R$ 35 milhões Manaus - R$ 3,1 milhões Macapá - R$ 100 mil
São Paulo - R$ 33,9 milhões João Pessoa - R$ 2,1 milhões Rio Branco - R$ 100 mil
Recife* - R$ 32 milhões Belém - R$ 2 milhões Boa Vista - zero
Salvador* - R$ 30 milhões Florianópolis - R$ 1,8 milhão Goiânia - zero
Vitória - R$ 10 milhões Curitiba - R$ 540 mil Maceió - zero
Distrito Federal - R$ 7 milhões Campo Grande - R$ 500 mil Palmas - zero
Porto Alegre - R$ 6 milhões Natal - R$ 500 mil Porto Velho - zero
Belo Horizonte - R$ 3,5 milhões Teresina - R$ 400 mil São Luís - zero
Fortaleza - R$ 3,5 milhões Cuiabá - R$ 350 mil Aracaju - Não informou
  • Fonte: Prefeituras
  • *Inclui cotas de publicidade

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos