PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Nível dos reservatórios do Sudeste cai para 34,7%; Cantareira chega a 16,1%

Do UOL, em São Paulo

05/03/2014 11h30

Apesar das chuvas do feriado, o nível de água dos reservatórios do sistema Cantareira teve nova queda nesta quarta-feira (5) e, segundo a Sabesp, chegou a 16,1% --volume 0,1% menor que no dia anterior.

Os reservatórios da Grande SP

No sábado (1º), dia que mais choveu no Carnaval, foram 39,2 mm de precipitação, ou 21,3% da média histórica para março. O acumulado dos cinco primeiros dias do mês é de 44,7 mm. Durante fevereiro choveu apenas 36% do previsto para a época.

No sistema Alto Tietê, que abastece a zona leste da capital e alguns municípios da região metropolitana, a escassez de chuvas fez com que o nível dos reservatórios baixasse de 38,4% para 38,3%.

Os reservatórios das hidrelétricas da região Sudeste/Centro-Oeste do Brasil também estão com nível de armazenamento de 34,66%, segundo dados de terça-feira do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), numa leve depreciação ante o fechado em 27 de fevereiro. A expectativa é de que o nível das represas da região chegue a 35,9% ao final desta semana e a 38,3% em 4 de abril.

No Sul, as represas estão a 38,61%, já apresentando um aumento de 1,43 ponto percentual em relação ao registrado ao final da semana passada. Já no Nordeste, o nível passou de 42,19% na quinta-feira passada para 42,14% na terça-feira.

No Norte, houve elevação de 80,92% para 81,79% atualmente.

A previsão do ONS para esta primeira semana de março era de que passagem de duas frentes ocasione "totais significativos" de precipitação nas bacias das regiões Sudeste e Centro-Oeste e fraca nas bacias dos rios Uruguai e Iguaçu. Em março, o ONS estima que chova 67% da média histórica para o mês, o que elevou preocupações de analistas e especialistas do setor quanto a situação de abastecimento do país neste ano. (Com Reuters e Estadão Conteúdo)

Cotidiano