Topo

Cãozinho sem membros dianteiros busca dono na Bahia

Mário Bittencourt/UOL
Cão sem os membros dianteiros que procura um dono na Bahia Imagem: Mário Bittencourt/UOL

Mário Bittencourt

Do UOL, em Vitória da Conquista (BA)

2014-07-17T06:00:00

17/07/2014 06h00

Um cãozinho vira-lata, ainda sem nome, e que nasceu em Vitória da Conquista (517 km de Salvador) busca alguém que possa adotá-lo. Ele nasceu sem os membros da frente, ao herdar anomalia genética do pai, Pimpim.

O cãozinho é filho único da cadela Branquinha e nasceu na noite de véspera de São João, dia 23 de junho. A dona dele, a doméstica Irani França Santos, 50, diz que não tem condições de criá-lo.

Irani está doando não só o cãozinho sem membros, como também Pimpim e os quatro filhotes de Amarelinha, outra cadela que deu cria no mesmo dia de Branquinha. Pimpim é pai também dos filhotes de Amarelinha. $escape.getH()uolbr_geraModulos('embed-foto','/2014/cao-pimplim-que-nao-tem-os-membros-dianteiros-1405449015458.vm')

Branquinha, Pimpim e Amarelinha são irmãos.

“Eu saí para trabalhar e no outro dia vi o ‘presente’ que São João deu para mim”, diz ela, em tom de brincadeira.

Segundo Irani, o cãozinho sem membros é o primeiro filho deficiente de Pimpim.

Na espera

Apesar da deficiência, Pimpim é um cão ativo que quase todos os dias, ao final da tarde, vai para o portão da casa esperar pela chegada de sua dona. Ele se move de um canto para o outro, equilibrado sobre suas duas pernas traseiras.

“Engraçado que ele vai mais quando eu saio com a bolsa, parece que sabe que vou demorar. Quando eu saio sem a bolsa ele não vai para o portão”, comentou Irani.

“Ele [Pimpim] já teve outras crias, mas não veio nenhum filhote com problema. Amarelinha teve sete filhotes, morreram três e um foi adotado por Branquinha. Espero achar logo alguém que possa cuidar dele [o cãozinho sem os membros da frente]. Teve duas pessoas que se interessaram já, mas ainda não vieram aqui”, disse.

Uma campanha foi iniciada nas redes sociais para tentar achar alguém que adote o cãozinho. “Quem se interessar é só me ligar: 77 8814 4525 ou 3082 2618”, informou Irani.

Mais Cotidiano