Topo

Horário de Verão representou redução média de 4,5% no consumo de pico

Do UOL, em São Paulo

21/02/2015 23h18

O horário de verão terminou à 0h deste domingo (22), quando nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste os relógios foram atrasados em uma hora.

Segundo o Ministério de Minas e Energia, houve uma redução total de 4,5%  no consumo entre 18h e 21h no período de vigência da medida. No entanto, o governo ainda não concluiu o balanço do quanto em recursos financeiros foi economizado. Em 2013/2014, foram poupados R$ 405 milhões no consumo de energia.

O principal objetivo do horário de verão é aproveitar melhor a luminosidade natural do dia, reduzindo o consumo de eletricidade no fim da tarde, quando é registrado a maior demanda por energia. Recentemente, o pico de consumo tem ocorrido no início da tarde, principalmente por causa do aumento do uso de aparelhos de ar condicionado.

Devido à seca, o governo cogitou a prorrogação da medida como forma de manter a economia de energia e preservar os reservatórios das hidrelétricas. A possibilidade foi descartada devido aos transtornos que poderiam ser causados pela mudança.

Mais Cotidiano