Topo

Recorde: Receita apreende mais de 1 tonelada de cocaína no Porto de Santos

Divulgação/Receita Federal
Receita Federal encontrOU mais de 1 tonelada de cocaína no Porto de Santos Imagem: Divulgação/Receita Federal

Leonardo Costas

Colaboração para o UOL, em Santos (SP)

03/11/2017 18h25Atualizada em 03/11/2017 19h31

A Receita Federal realizou nesta sexta-feira (3) a maior apreensão de cocaína do ano no Porto de Santos (litoral de São Paulo). Foi encontrada mais de uma tonelada da droga, que tinha como destino o porto de Antuérpia, na Bélgica.

No total, foram encontradas 32 bolsas contendo 1.098 kg de cocaína. Elas estavam misturadas a carregamentos de tinta.

Divulgação/Receita Federal
1.098 kg de cocaína foram apreendidos em Santos Imagem: Divulgação/Receita Federal

De acordo com o órgão, a apreensão desta sexta supera a realizada no último dia 23, considerada até então a maior do ano no porto santista. Na oportunidade, foram encontrados 936 kg da droga.

A cocaína apreendida nesta sexta foi encaminhada a Polícia Federal, que prosseguirá com as investigações para saber a origem da droga.

Nas duas operações, a técnica utilizada para implantar a cocaína dentro dos contêineres foi a mesma. Chamada de rip off loading, ela consiste em esconder a droga sem o conhecimento do exportador. Geralmente, a violação do contêiner ocorre a caminho do Porto ou dentro do terminal portuário.

A droga geralmente sai da Bolívia, passa pelo Paraguai e chega ao Brasil via terrestre, sendo levada escondida até os portos em carros e caminhões. De lá, embarca para a Europa e quando chega ao Velho Continente, é distribuída para as quadrilhas locais, especialmente italianas e sérvias.

A cocaína apreendida nesta sexta no Porto de Santos foi encaminhada a Polícia Federal, que prosseguirá com as investigações para saber a origem da droga.

Esta foi a 23ª apreensão do ano no Porto de Santos. Juntas, elas somam mais de dez toneladas de cocaína.

Traficantes corrompem trabalhadores portuários para mandar drogas à Europa

UOL Notícias