Violência em São Paulo

Polícia Civil e PF fazem operações contra tráfico de drogas em SP

Luís Adorno e Nathan Lopes

Do UOL, em São Paulo

A Polícia Civil realiza na manhã desta sexta-feira (10) uma operação contra o tráfico de drogas e a facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) em São Paulo. Em paralelo, ocorre uma outra ação em São Paulo e no Rio, da PF, também contra o tráfico.

A ação da Polícia Civil teve início por volta das 6h em uma operação conjunta entre o GOE (Grupo de Operações Especiais) e o 1º DP (Distrito Policial) da capital, na Sé, centro da cidade. Na região central, são investigadas bases do PCC instaladas no Glicério e na Bela Vista.

São 32 mandados de busca e apreensão expedidos contra integrantes do crime organizado no centro e zona norte da capital paulista, além de outros 18 de prisão temporária. Também há ordens judiciais para a cidade de Guarulhos, na região metropolitana.

Por volta das 8h, ao menos 15 pessoas foram detidas na operação da Polícia Civil. Entre os presos pela polícia paulista, estão quatro homens apontados pela investigação com cargos de chefia dentro do PCC.

Um vídeo divulgado pelo GOE mostra a prisão do suspeito de integrar a "sintonia final" do PCC J.S.C. na região do Glicério, centro da cidade.

Veja também

Segundo a Polícia Civil, o objetivo da operação é apreender drogas e prender membros da facção criminosa responsáveis pelo "tribunal do crime". Esse "tribunal" informal julga aqueles que "erraram" de alguma maneira com a facção.

Depois de serem condenados pelo "júri", composto por integrantes da facção, o homem que está no cargo de "sintonia final de cadastro" sentencia a morte do réu. Após o assassinato, o corpo é enterrado em um dos vários cemitérios clandestinos utilizados pelo PCC no Estado.

Durante a ação da manhã de hoje, o GOE informou ter apreendido dinheiro, drogas, balança de precisão e embalagens para venda de entorpecentes. A investigação, segundo a Polícia Civil, começou em maio.

Operação da Polícia Federal

A PF deflagrou a "Operação Cordus" com o objetivo de desarticular uma organização criminosa especializada no desvio de produtos químicos para o tráfico de drogas.

Policiais federais cumprem 47 mandados judiciais em São Paulo e no Rio: são 11 mandados de prisão temporária, 7 mandados de condução coercitiva e 29 mandados de busca e apreensão em nove cidades paulistas e duas fluminenses. A PF não informou, até 9h30, quantos suspeitos foram presos.

A operação da PF não tem ligação com a da Polícia Civil. A da federal foi expedida pela Justiça, através da 1ª Vara Criminal de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista.

O inquérito policial aponta que os suspeitos utilizavam empresas atuantes no comércio de produtos químicos controlados para comprar as substâncias que eram revendidas para traficantes de drogas para o preparo da cocaína.

Durante o período da investigação, iniciada em março, foram apreendidos 925 quilos de teofilina, 404 quilos de cafeína e 320 litros de acetona, além de 270 quilos de cocaína. Os investigados serão indiciados pela prática de crimes de comercialização de produtos químicos destinados à preparação de drogas e associação para o tráfico de drogas, com penas 3 a 15 anos e multa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos