PUBLICIDADE
Topo

Segurança pública

SP: criminosos explodem, furtam 4 bancos e incendeiam carros em fuga

Agência bancária alvo de explosão e furto em Campos do Jordão (SP) - Arquivo pessoal
Agência bancária alvo de explosão e furto em Campos do Jordão (SP) Imagem: Arquivo pessoal

Luís Adorno

Do UOL, em São Paulo

24/12/2018 09h08Atualizada em 24/12/2018 09h08

Criminosos explodiram e furtaram dinheiro de caixas eletrônicos de quatro bancos diferentes em Campos do Jordão, no interior de São Paulo, na madrugada desta segunda-feira (24). Eles conseguiram fugir e a polícia não tem pistas sobre seus paradeiros.

Segundo a Polícia Militar, por volta das 3h30, criminosos invadiram agências do Banco do Brasil, Bradesco, Santander e Sicredi, explodiram os caixas eletrônicos, pegaram o dinheiro e fugiram. Não se sabe quanto eles conseguiram furtar.

O crime foi registrado no 1º DP (Distrito Policial) de Campos do Jordão. De acordo com investigadores, os criminosos fugiram em ao menos seis carros diferentes: Santa Fé, Hilux, Corolla, Land Rover, Volvo e Parati.

Cápsulas deflagradas de fuzil encontradas por policiais dentro das agências - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Cápsulas deflagradas de fuzil encontradas por policiais dentro das agências
Imagem: Arquivo pessoal

Dentro das agências, policiais encontraram cápsulas deflagradas de fuzil. Segundo a PM, não há registro de confronto entre policiais e criminosos. A suspeita da Polícia Civil é de que, além de possíveis dinamites, os criminosos tenham atirado contra os caixas.

Quando ocorrem explosões seguidas de assaltos a caixas eletrônicos em São Paulo, os criminosos costumam usar armamento de grosso calibre para intimidar as forças policiais e têm estratégia bem estabelecida para chegar e sair do local sem serem pegos.

Explosão em agência bancária estourou o teto do local - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Explosão em agência bancária estourou o teto do local
Imagem: Arquivo pessoal

Desta vez, conseguiram fugir realizando uma barreira com três carros em um túnel. Os veículos foram deixados incendiados e atravessados na via para impedir a chegada da polícia. 

A suspeita é de que os criminosos fugiram pela rodovia Monteiro Lobato, que liga a cidade de São José dos Campos até o sul de Minas Gerais. Não se sabe se eles fugiram para o interior de São Paulo ou para Minas. 

Segundo investigadores, participaram do crime cerca de 15 homens --todos usavam coletes à prova de balas. Moradores da cidade chegaram a gravar em vídeo a fuga dos criminosos. Imagens de câmeras de segurança de rodovias podem ajudar a polícia a encontrar o paradeiro deles.

Segurança pública