Topo

Homem é preso em bar na área nobre do Rio suspeito de tentativa de estupro

Reprodução/WhatsApp
Ricardo Elias Mota de Oliveira fica desacordado em bar após ser acusado de tentativa de estupro Imagem: Reprodução/WhatsApp

Marcela Lemos

Colaboração para o UOL, no Rio

2019-02-26T11:42:41

26/02/2019 11h42

O empresário Ricardo Elias Mota de Oliveira, 28, foi preso em flagrante, no domingo (24), suspeito de tentar estuprar uma jovem dentro do banheiro feminino do bar Belmonte, na Rua Dias Ferreira, no Leblon, zona sul do Rio e área nobre da cidade.

De acordo com frequentadores do bar, duas mulheres deixaram o banheiro pedindo ajuda a uma terceira cliente quando, subitamente, o empresário deixou o local com o cinto desfivelado e muito alterado. A jovem que estava no banheiro tinha um ferimento na boca. Segundo as testemunhas, o homem teria tentado deixar a vítima inconsciente no banheiro do bar com um soco na boca para estuprá-la em seguida. 

Oliveira foi agredido por outros clientes do bar e acabou desmaiando no chão do Belmonte. Funcionários do estabelecimento precisaram intervir para que o homem não fosse linchado. 

"Ele saiu do banheiro falando muita besteira. O segurança do bar segurou ele. Ele ficou mais alterado, mandou chamar o gerente, pediu as câmeras de segurança, foi quando veio um 'maluco' e deu um chutão nele. Ele caiu e mais dois começaram a bater. O pessoal do Belmonte começou a intervir pois iam acabar matando o cara lá", contou ao UOL um dos clientes que estava no bar e pediu para não ter a identidade revelada. 

Após a chegada da polícia, o empresário, as vítimas e outras quatro testemunhas foram levadas para o 12º DP (Copacabana), em que o caso foi registrado. Posteriormente, o caso foi transferido para o 14º DP (Leblon). Em depoimento na delegacia, o advogado do empresário alegou que seu cliente estava sob efeito de medicação para justificar o ato. O empresário disse não se lembrar do que ocorreu no estabelecimento.

Segundo a polícia, o empresário pode ser acusado por dois crimes: importunação sexual e tentativa de estupro. No primeiro caso, ele tentou agarrar uma jovem no lavabo e, posteriormente, invadiu o banheiro feminino atrás de uma jovem para tentar estuprá-la.

"No primeiro caso ele ficou roçando a parte íntima dele na moça que estava lavando a mão no lavabo e depois entrou no banheiro feminino e tentou fechar a porta para consumar o ato contra uma segunda jovem", disse o delegado Antenor Lopes, responsável pelo caso.

O delegado confirmou ainda que a jovem foi ferida ao entrar em luta corporal com o empresário. A Polícia Civil solicitou à Justiça a prisão preventiva de Oliveira que é gaúcho, mas vive em Brasília e está hospedado no Rio de Janeiro no bairro de Copacabana, na zona sul. Procurado, o bar Belmonte ainda não se manifestou sobre o ocorrido.

Mais Cotidiano