Topo

Menino de 10 anos furta carro para dirigir pela 3ª vez em SP, diz GCM

20.mai.2019 - Carro furtado por menino de 10 anos em Botucatu (SP) - Divulgação/GCM de Botucatu
20.mai.2019 - Carro furtado por menino de 10 anos em Botucatu (SP) Imagem: Divulgação/GCM de Botucatu

Thiago Tassi

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

20/05/2019 13h24

Um menino de 10 anos foi flagrado dirigindo um carro furtado na noite do último sábado (18) em Botucatu (SP). De acordo com a Guarda Civil Municipal (GCM), acionada para atender a ocorrência, um garoto de 7 anos estava no banco do passageiro. Os dois não tiveram a identidade revelada.

É a terceira vez que o menino mais velho se envolve neste tipo de caso, conforme relatou a GCM, após cruzar os dados com informações das polícias Civil e Militar. O Conselho Tutelar foi comunicado e está tomando medidas protetivas.

Abordado a primeira vez pelos agentes que atenderam a ocorrência, o menino de 10 anos alegou que o veículo era de seu pai. Indagado novamente, ele acabou confessando que haviam furtado o carro "para dar um rolê". Ao todo, eles circularam por cerca de três quilômetros pela cidade do interior paulista.

Menino de 10 anos que furtou carro em Botucatu (SP) tinha várias chaves de carro - Divulgação/GCM de Botucatu
Menino de 10 anos que furtou carro em Botucatu (SP) tinha várias chaves de carro
Imagem: Divulgação/GCM de Botucatu
O Conselho Tutelar foi avisado do caso ainda no sábado à noite. As crianças, que viram a chave na ignição e pegaram o veículo no bairro Jardim do Cedro, foram devolvidas aos pais.

De acordo com a conselheira tutelar Rosemary da Cunha Carvalho, não há nenhum grau de parentesco entre os meninos. Eles seriam amigos.

"Fizemos o encaminhamento e estamos monitorando (as crianças). Procuramos entender se participam de projetos socioeducativos, e vamos encaminhar para psicólogos os pais e as crianças. Como eles têm menos de 12 anos, não caracteriza ato infracional. Somente acima de 12", disse Rosemary.

Desta forma, eles não podem responder criminalmente pelo furto. O proprietário do automóvel foi procurado pela polícia e disse que seu carro foi furtado por volta das 17h. Ele foi encaminhado à delegacia, registrou o boletim de ocorrência apenas para se precaver de possíveis infrações e danos, e foi liberado na sequência.

Mais Cotidiano