Topo

SP: Carro apreendido em Rio Claro acumula R$ 6,4 mi em dívidas e multas

Veículo foi localizado estacionado irregularmente em vaga destinada a parada rápida - Divulgação/Guarda Civil Rio Claro
Veículo foi localizado estacionado irregularmente em vaga destinada a parada rápida Imagem: Divulgação/Guarda Civil Rio Claro

Wagner Carvalho

Colaboração para o UOL, em Bauru

18/10/2019 08h39

Agentes da Guarda Civil de Rio Claro, a 190 km de São Paulo, apreenderam um veículo modelo Corsa, ano 2004, com pendências que, somadas, atingem o montante de R$ 6.416.626,89. O veículo estava sem registro de pagamentos das cobranças anuais e multas desde 2008.

A apreensão aconteceu na manhã de ontem, por volta das 10h, na área central da cidade. De acordo com a Guarda Civil, o veículo já era monitorado havia algum tempo, mas sempre o motorista conseguia evitar a abordagem.

O valor devido é referente a multas, Imposto Sobre Veículos Automotores (IPVA), Seguro DPVAT e Licenciamentos atrasados por 11 anos. Lojistas da cidade denunciaram que o veículo de cor prata fazia uso irregular com frequência das vagas da área central, além de estacionar em vagas de carga e descarga ou destinadas a deficientes e idosos.

De acordo com as informações da Guarda Civil, o veículo foi localizado estacionado irregularmente em vaga destinada a parada rápida, de no máximo 15 minutos. Comerciantes afirmaram que o veículo estaria no local por pelo menos uma hora.

Como o proprietário do veículo não compareceu para retirar o veículo da vaga rápida, o carro foi guinchado para o pátio. Quando os agentes fizeram a pesquisa para identificar o proprietário, constataram que as pendências do veículo chegavam próximas dos R$ 6,4 milhões.

Com esse valor, é possível comprar, por exemplo, quase 130 veículos zero km, cada um no valor de R$ 50 mil.

Como o proprietário do veículo não foi encontrado no momento da apreensão e até o final de tarde de ontem não havia procurado a Guarda Civil para reclamar a posse, o nome dele não foi divulgado.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Cotidiano