PUBLICIDADE
Topo

SP registra aumento de 2.769% no número de casos de dengue em 2019

Dengue (Reprodução) - Dengue (Reprodução)
Dengue (Reprodução) Imagem: Dengue (Reprodução)

Gilvan Marques

Do UOL, em São Paulo

15/01/2020 18h16

A cidade de São Paulo registrou aumento de 2.769% no número de casos de dengue em apenas um ano, de acordo com levantamento divulgado na tarde de hoje pela Secretaria Municipal de Saúde.

Segundo o balanço, em 2018, a capital paulista teve 586 casos de dengue e nenhuma morte. Já em 2019, um salto assustador: foram 16.815 casos e três mortes.

Ao UOL, a Secretaria de Saúde explicou que a doença costuma alternar anos de alta e baixa com intervalos de dois anos. "O que indicava uma tendência de aumento no número de casos no ano passado, já que 2017 e 2018 foram anos de baixa incidência", diz.

A prefeitura de São Paulo afirma ainda que lançou o Plano Municipal de Enfrentamento às Arboviroses, em 2018, e que estabeleceu diretrizes e a capacitação de 11 mil agentes para o combate ao mosquito transmissor.

Mais de 1 milhão de casos no Brasil

A tendência de alta registrada em São Paulo também foi observada em outras regiões do Brasil.

Segundo o Ministério da Saúde, o número de casos de dengue registrados no país, em 2019, foi o segundo mais alto da série histórica sobre a doença.

Os dados, de janeiro a 7 de dezembro, apontam 1.527.119 notificações de casos prováveis, concentrados principalmente nas regiões Centro-Oeste e Sudeste. Conforme a pasta, 64,7% dos registros foram feitos nos Estados de Minas, Espírito Santo e São Paulo.

A série histórica do governo federal teve início em 1975. O ano passado está atrás somente de 2015, quando foi feito quase 1,7 milhão de registros da doença em todo o País. Mas superou as notificações dos anos de 2017 e 2018, que registraram 239.389 e 265.934 casos prováveis da doença, respectivamente.

Cotidiano