PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Esse conteúdo é antigo

Polícia Civil investiga fraude de R$ 60 mi contra o Banco do Brasil no PR

Segundo a Polícia Civil, um gerente bancário e um microempresário são investigados pela fraude - Divulgação/Polícia Civil do Paraná (PCPR)
Segundo a Polícia Civil, um gerente bancário e um microempresário são investigados pela fraude Imagem: Divulgação/Polícia Civil do Paraná (PCPR)

Do UOL, em São Paulo

19/05/2020 10h25

A Polícia Civil do Paraná realiza na manhã de hoje uma operação para apurar uma fraude de R$ 60 milhões contra o Banco do Brasil. O gerente de uma agência bancária e um microempresário estão entre os investigados, segundo o órgão.

Dez policiais estão nas ruas cumprindo cinco mandados de busca e apreensão em Maringá, Loanda e Porto Rico, cidades no interior paranaense a cerca de, respectivamente, 425 km, 584 km e 602 km de Curitiba.

As investigações começaram ainda em 2019 após denúncia do próprio banco. Segundo a Polícia Civil, o gerente geral de uma agência no interior do Paraná teria alterado a senha de seus gerentes subordinados parar transferir o dinheiro para a conta de um microempresário.

Segundo nota da Polícia Civil, "o fato teria ocorrido, pois, para que a transferência do alto valor fosse autorizada, era necessário que houvesse concessão de três usuários". A troca de senha teria ocorrido sem conhecimento e autorização dos outros gerentes.

Buscando não ser descoberto, o gerente ainda teria utilizado a senha de uma colega de profissão de São Paulo para ter acesso ao sistema que efetiva transferências.

Após a movimentação, o microempresário teria transferido os R$ 60 milhões distribuídos em três contas jurídicas.

Segundo a Polícia Civil, "as investigações continuam com o intuito de identificar mais pessoas envolvidas com o esquema fraudulento".

Cotidiano