PUBLICIDADE
Topo

ACM Neto sancionará auxílio de R$ 250 a acolhidos com o novo coronavírus

O auxílio será composto por R$ 250 pagos pela prefeitura e R$ 250 pelo governo do estado - Valter Pontes/Secom
O auxílio será composto por R$ 250 pagos pela prefeitura e R$ 250 pelo governo do estado Imagem: Valter Pontes/Secom

Do UOL, em São Paulo

25/05/2020 11h00Atualizada em 25/05/2020 14h58

O prefeito de Salvador, Antônio Carlos Magalhães Neto (DEM), deve sancionar hoje o projeto do Executivo que concede um auxílio de R$ 250 a pessoas infectadas pelo novo coronavírus, sem vínculos empregatícios, que aceitem se hospedar nos Centros de Acompanhamento Clínico do Estado.

A proposta foi aprovada em sessão extraordinária no último sábado (23) pela Câmara de Vereadores.

O auxílio será composto por R$ 250 pagos pela prefeitura e R$ 250 pelo governo do estado, totalizando R$ 500. Conforme anunciado por ACM Neto e pelo governador da Bahia, Rui Costa (PT), o benefício será pago em duas etapas: R$ 250 no sétimo dia de quarentena e outros R$ 250 no 14º dia do período de isolamento, sem necessidade da realização de cadastro.

"Esse é o momento, como tenho dito sempre, de unir forças. Só assim vamos superar essa que é a pior crise da minha geração", disse ACM Neto.

Segundo a última atualização do Ministério da Saúde, o estado da Bahia acumula 13.899 casos confirmados da covid-19 e 460 mortes causadas pelo novo coronavírus. Os óbitos no país chegaram a 22.666, e a soma de brasileiros infectados subiu para 363.211.

Coronavírus