PUBLICIDADE
Topo

Prefeitos do ABC propõem dividir Grande SP em 6 microrregiões para retomada

Prefeitos do Grande ABC se reúnem com o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, no Palácio dos Bandeirantes - Divulgação/Consórcio Intermunicipal Grande ABC
Prefeitos do Grande ABC se reúnem com o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, no Palácio dos Bandeirantes Imagem: Divulgação/Consórcio Intermunicipal Grande ABC

Do UOL, em São Paulo

29/05/2020 08h27

Os prefeitos do ABC paulista entregaram na noite de ontem ao governo do estado uma proposta para que a Região Metropolitana de São Paulo seja dividida em seis microrregiões no processo de flexibilização da quarentena.

A proposta pede a reconsideração das regras de flexibilização da quarentena nas sete cidades que formam o ABC: Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra. Pelo documento, essas cidades formariam uma das seis microrregiões da Grande São Paulo.

Ao anunciar o plano de retomada das atividades, o governador João Doria (PSDB) colocou a Região Metropolitana na fase 1 (vermelha), que, na prática, não muda nada em relação à situação atual. Apenas a capital paulista foi colocada na fase 2 (laranja), que permite a reabertura de algumas atividades do comércio e shoppings.

A intenção dos prefeitos é que o ABC passe para o mesmo grau de flexibilização da capital, o que permitiria a reabertura do comércio nessas cidades também.

O pedido foi entregue ao secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, em reunião no Palácio dos Bandeirantes. Estiveram na reunião o prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão, o prefeito de Diadema, Lauro Michels, e o prefeito de Mauá, Atila Jacomussi.

Os prefeitos de Santo André, Paulo Serra, de São Bernardo do Campo, Orlando Morando, de São Caetano, José Auricchio Júnior, e de Ribeirão Pires, Adler Teixeira, acompanharam o encontro virtualmente. Vinholi informou que levará o documento ao governador.

"A expectativa do colegiado de prefeitos é que o governador acolha o pedido e faça o anúncio amanhã [hoje], durante coletiva de imprensa", afirmou Maranhão, que também é o presidente do Consórcio Intermunicipal Grande ABC.

Diante da possibilidade do anúncio pelo governador, a assembleia extraordinária do Consórcio ABC, inicialmente marcada para as 10h de hoje, foi transferida para as 15h, após a coletiva de Doria.

Coronavírus