PUBLICIDADE
Topo

RJ: com fila para reabertura, shopping tem aglomerações e medição de febre

11.jun.2020 - Aglomeração no Norteshopping no 1º dia de reabertura no Rio - Reprodução/Arquivo Pessoal
11.jun.2020 - Aglomeração no Norteshopping no 1º dia de reabertura no Rio Imagem: Reprodução/Arquivo Pessoal

Maria Luisa de Melo

Colaboração para o UOL, no Rio

11/06/2020 14h29Atualizada em 11/06/2020 16h02

Maior shopping da zona norte do Rio, o Norteshopping teve hoje de manhã uma fila de clientes em sua porta e acabou reabrindo antes das 12h, horário estabelecido pela prefeitura. No acesso principal, foram instalados medidores de temperatura e dispensers de álcool gel.

Apesar da orientação vinda do alto-falante, muitos clientes se aglomeraram na porta das lojas, esperando que abrissem. Já na primeira hora da reabertura, que acontece no feriado de Corpus Christi, era grande a movimentação. Na praça de alimentação, todas as mesas e cadeiras foram isoladas e, cumprindo o decreto municipal, os clientes eram avisados que as vendas só estavam sendo feitas por take away.

Ao ser alertado por um segurança de que estava muito próximo de outras pessoas, Elias Santos, 58, se desculpou.

"Isso é muito novo para mim. Ainda estou me acostumando. Só quero resolver o problema de um boleto do mês passado que já paguei, mas continuam me cobrando e também preciso pagar o desse mês", disse ele, enquanto aguardava a abertura da Casas Bahia. Ali, um funcionário da loja abordava os clientes para usar o álcool gel.

Para Luciana Silva dos Santos, 42, a abertura do shopping foi a oportunidade de comprar o presente de Dia dos Namorados de seu marido.

11.jun.2020 - Medidor digital de temperatura operado por profissional de enfermagem no Norteshopping - Reprodução/Arquivo Pessoal - Reprodução/Arquivo Pessoal
11.jun.2020 - Medidor digital de temperatura operado por profissional de enfermagem no Norteshopping
Imagem: Reprodução/Arquivo Pessoal

"Aqui eu consigo resolver várias coisas num lugar só. Sei que o risco de contrair o coronavírus existe, mas estamos tomando cuidado. Shopping é uma questão de praticidade. Preciso comprar o presente do meu marido e outras coisas. Nem tudo conseguimos comprar pela internet", disse.

Em nota, a assessoria de imprensa do Norteshopping informou que abriu as portas antes das 12h porque o espaço serve para a prestação de serviços essenciais. No interior do shopping, há supermercados, farmácia e cartório.

Shoppings têm de obedecer 'regras de ouro'

O prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) anunciou ontem a reabertura com restrições dos shoppings na capital nesta quinta-feira (11). Segundo ele, a decisão foi tomada após reunião com um comitê científico e representantes da atividade econômica.

"A Vigilância Sanitária propôs que nós adiantássemos a abertura dos shoppings da nossa cidade e estabeleceu então as 'regras de ouro'. Os líderes dos shoppings estiveram em reunião conosco para estabelecer um acordo, e todos eles aceitaram as regras", disse Crivella.

Entre as chamadas "regras de ouro" para os shoppings estão o distanciamento de 2 m entre as pessoas, uso de álcool em gel e máscaras, limpeza e manutenção do ar-condicionado, medição de temperatura, liberação de apenas um terço do estacionamento e entrada de animais somente se forem para lojas pets.

O horário de atendimento será de 12h às 20h nas lojas, e haverá um número de ocupação máxima dos estacionamentos e espaços. No caso das praças de alimentação, a reabertura está prevista para a terceira fase da retomada de atividades.

A reabertura dos shoppings estava prevista somente para a segunda fase da flexibilização do Rio, mas foi antecipada porque os "parâmetros que balizam as medidas de afastamento social são favoráveis", de acordo com o prefeito. Enquanto isso, o comércio de rua segue sem autorização para a retomada das atividades.

Coronavírus