PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
15 dias
Menina de 1 ano pega celular da mãe e pede 5 bandejas de jiló em aplicativo

Bebê de 1 ano e 2 meses encomendou cinco bandejas de jiló por aplicativo de entrega. Valor da compra foi de R$ 30 - Arquivo pessoal
Bebê de 1 ano e 2 meses encomendou cinco bandejas de jiló por aplicativo de entrega. Valor da compra foi de R$ 30 Imagem: Arquivo pessoal

Simone Machado

Colaboração para o UOL, em São José do Rio Preto (SP)

09/07/2020 18h10

Uma bebê de um ano e dois meses surpreendeu a família após pegar o celular da mãe e fazer um pedido "bem saudável" em um aplicativo de entrega. Ela encomendou cinco bandejas de jiló. O caso aconteceu na tarde de ontem, em Rio Verde, Goiás.

A publicitária Thaiz Oliveira, 28, mãe da pequena Maggie, conta que só percebeu que a filha havia realizado uma compra quando o entregador chegou à residência da família.

"Como estou trabalhando no esquema home office, deixei o celular em cima da cama e ela pegou. Achei que a Maggie estivesse brincando ou vendo algum desenho, por isso não me preocupei", explica Thaiz.

Ainda segundo a mãe, o celular fica desbloqueado e, como a família usa com frequência o aplicativo de entregas, o endereço e os dados do cartão de crédito já estavam cadastrados.

O pai da menina chegava em casa quando se deparou com o entregador. Ele recebeu o pedido e ficou surpreso com a encomenda, já que na casa da família ninguém gosta de jiló. As cinco bandejas do fruto custaram R$ 30.

"Quando vi a entrega achei que estivesse errado, mas olhei no aplicativo e vi que a bebê tinha mexido. Eu acho que o desenho do fruto, e pela cor ser chamativa, atraiu a atenção e ela foi clicando e comprando", acrescenta a publicitária.

O prejuízo de Thais só não foi maior por uma limitação no aplicativo. A mãe explica que eles tiveram de aceitar a entrega.

"Perguntei se eu podia devolver, mas como não podia acabamos ficando com os jilós. Estamos pensando em dar para alguém, porque não gostamos de jiló."

Cotidiano