PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
2 meses
São Paulo ilumina marcos da cidade em solidariedade ao Líbano após explosão

Do UOL, em São Paulo

05/08/2020 13h31

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), anunciou hoje que a cidade homenageará a população do Líbano por três dias, até sexta-feira (7).

Ontem, a explosão de um armazém na área portuária de Beirute, capital libanesa, provocou dezenas de mortes e milhares de feridos em toda a cidade. O governo do Líbano anunciou luto oficial de três dias.

Por isso, segundo Covas, quatro dos principais endereços de São Paulo serão iluminados com as cores do Líbano (vermelho, branco e verde) nos próximos três dias: Edifício Matarazzo (sede da Prefeitura), Viaduto do Chá, ponte Octávio Frias de Oliveira (ponte Estaiada sobre o rio Pinheiros) e Biblioteca Mário de Andrade.

"A cidade de São Paulo abriga uma das maiores comunidades libanesas do mundo. Eu não sou descendente libanês, mas meu filho Tomás é descendente libanês por conta do seu avô materno. Não posso aqui deixar de prestar também minha solidariedade em nome de minha família. O governo do Líbano decretou três dias de luto oficial, começando a partir de hoje", relatou Covas

A decisão de iluminar os endereços, segundo o prefeito, reflete "respeito e solidariedade" ao Líbano. "Desta forma, a cidade de São Paulo presta suas condolências e solidariedade à comunidade libanesa."

Cotidiano