PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
2 meses

Imóvel de casal que desapareceu no interior do Paraná é invadido e revirado

Rubens Biguetti e Kawany Cleve desapareceram na segunda-feira, quando filho do casal foi encontrado diante de um imóvel; desde então, carro apareceu queimado em cidade vizinha e endereço dos dois foi arrombado - RPC/Reprodução
Rubens Biguetti e Kawany Cleve desapareceram na segunda-feira, quando filho do casal foi encontrado diante de um imóvel; desde então, carro apareceu queimado em cidade vizinha e endereço dos dois foi arrombado Imagem: RPC/Reprodução

Do UOL, em São Paulo

06/08/2020 14h45

A casa de Rubens Biguetti, 29 anos, e Kawany Cleve, na cidade de paranaense de Goioerê (a cerca de 520 km de Curitiba) foi arrombada e revirada na madrugada de ontem. O casal está desaparecido desde a segunda-feira.

De acordo com a RPC, afiliada da Rede Globo no estado, os cômodos do imóvel estavam bagunçados. A família afirma que joias e perfumes foram roubados.

Rubens e Kawany sumiram depois que o filho deles, de quatro meses, foi encontrado na frente de uma casa da cidade, enrolado em um cobertor. A moradora que encontrou a criança chamou a Polícia Militar, que levou o bebê a uma unidade de saúde. Posteriormente, o recém-nascido foi entregue à avó materna.

Na manhã de anteontem, o carro do casal foi encontrado incendiado em uma estrada rural de Moreira Sales, cidade a cerca de 20 km de Goioerê. Segundo as investigações, nenhum indício de corpo carbonizado foi encontrado.

A Polícia Civil acredita que o desaparecimento dos dois e o arrombamento da casa não estão relacionados. Entre as hipóteses investigadas, suspeita-se de um crime por vingança - familiares de Rubens e Kawany afirmam que eles chegaram a receber ameaças. Segundo o site Umuarama Ilustrado, Kawany é filha de um ex-juiz que atuou na região.

Cotidiano