PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
3 meses

Sobrinho impede tio de matar avó a machadadas no interior de MG

Caso está sendo investigado pela Polícia Civil; suspeito alegou embriaguez - Polícia Civil de MG/Divulgação
Caso está sendo investigado pela Polícia Civil; suspeito alegou embriaguez Imagem: Polícia Civil de MG/Divulgação

Elisangela Baptista

Colaboração para o UOL, em Juiz de Fora (MG)

25/11/2020 17h29

A Polícia Civil de Minas Gerais instaurou inquérito e adotou providências em relação a um suspeito de tentar matar a mãe, de 72 anos, a machadadas. O caso aconteceu em Pirapora, cidade no norte do estado a 340 km de Belo Horizonte.

De acordo com as investigações, o crime só não foi consumado por intervenção do neto da idosa, de 17 anos, que estava na casa da avó e conseguiu conter o suspeito — que, no caso, é tio do jovem.

Em meio à confusão, a equipe da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher foi acionada. Quando chegou ao local, encontrou a vítima escondida no quarto.

Já o filho, de 42 anos. alegou que estava bêbado e por isso começou a discutir com a mãe, mas negou a autoria do delito. A arma do crime foi apreendida.

Ao UOL, a delegada responsável pelo caso, Marina Pacheco, disse que a vítima já vinha sofrendo ameaças do filho, que fazia uso constante de bebida alcoólica.

"A bebida é uma problema porque encoraja, muitas vezes, as pessoas a medidas drásticas. No ambiente familiar, isso fica muito perigoso", analisou.

A delegada requereu uma medida protetiva para a vítima e o suspeito foi preso em flagrante por tentativa de homicídio, crime que tem pena variável de 6 a 20 anos. Ele ainda não constituiu advogado.

Assim que o inquérito for concluído, será remetido à justiça.

Cotidiano