PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
3 meses

Pai de Marielle Franco é internado com covid-19 em CTI de hospital do Rio

"Será que eu vou conseguir rever minhas netas?", disse o pai de Marielle Franco, Antônio Francisco da Silva Neto, antes de ser internado - @aniellefranco/Twitter
"Será que eu vou conseguir rever minhas netas?", disse o pai de Marielle Franco, Antônio Francisco da Silva Neto, antes de ser internado Imagem: @aniellefranco/Twitter

Tatiana Campbell

Colaboração para o UOL, no Rio de Janeiro

01/12/2020 20h18

O pai de Marielle Franco, Antonio Francisco da Silva Neto, 68 anos, foi diagnosticado com covid-19 e está internado no Centro de Terapia Intensiva desde ontem no Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, em Acari, na zona norte do Rio de Janeiro. A informação foi dada por Anielle Franco, filha de Antonio e irmã de Marielle, através das redes sociais.

Ao UOL, Anielle disse que foi no último dia 20 que o pai começou a se queixar, dizendo que poderia estar gripado por causa da constante tosse. Foi aí que a família descobriu que Antonio Francisco estava com a doença.

"Ele começou a sentir alguns sintomas no dia 20 de novembro, ai ele foi na Fiocruz e lá ele ficou por 48 horas até ter alta. Ele voltou para casa, mas começou a passar mal no domingo [22 de novembro] e levamos ele para a UPA [Unidade de Pronto Atendimento] de Manguinhos que é perto de casa. Lá eles não conseguiam manter por mais de dois dias e aí transferiram ele pro Ronaldo Gazolla", disse Anielle.

"A princípio ele tinha ido para lá para a enfermaria, mas aí hoje ficamos sabendo que ele estava com um pulmão com 25% e o outro 50%, porque parece que ele também estava com pneumonia e ele teve que ir pro CTI. A saturação dele está boa, mas de ontem para hoje teve essa mudança e agora está no CTI. O que nos disseram é que ele está estável. Estamos recebendo uma notícia por dia. Minha mãe está bem, ela e a Luyara [filha de Marielle Franco] estão tranquilas, mas eu estou muito preocupada", acrescentou.

À reportagem, Anielle Franco falou ainda que há quatros meses teve uma filha e que um dos momentos mais difíceis para ela foi o pai perguntar, antes de ser internado, se iria conseguir rever as netas.

"Uma coisa que me dou muito foi antes dele entrar [para internar] ele falou para mim 'será que eu vou conseguir rever minhas netas?', e isso está acabando comigo. Fiquei falando coisas positivas para ele ganhar mais forças, mas é muito ruim. Não pode ver, não pode falar, não pode ligar, não pode nada, é muito ruim. A gente se sente total impotente. O hospital demora muito para dar notícias, é só no final do dia", falou Anielle.

Casos de covid-19 sobem

Em meio a angústia e no aguardo por notícias do pai, Anielle Franco também fez um desabafo e um pedido à população carioca e meio ao aumento da média móvel de casos de coronavírus no Rio de Janeiro.

"Eu tenho visto muita gente pegando [covid-19], a gente está em isolamento social mesmo, até por causa das crianças. Tem mães de amiguinhas da minha filha que estão fazendo festa, estão saindo e ela [filha mais velha de Anielle] fica me questionando. Eu acho muita irresponsabilidade, porque não é só sua própria vida, é a vida de todo mundo envolta de você. É triste, eu não desejo pra ninguém", lamentou Anielle.

"As cenas que eu vi de hospital público e essa demora, essa loucura de não ter um plano, eu não desejo para ninguém passar por isso. Tomara que a população se conscientize. Eu não contei para minha filha sobre meu pai, porque ela é muito apegada a ele. Disse que a casa deles estão em obra e não pode ir para lá. Até não ter uma notícia concreta e como não pode ir ver, não pode falar, eu nem falei", finalizou.

De acordo com o último boletim enviado pela Secretaria de Saúde, hoje, o estado registrou 3.628 novos casos da covid-19 e, até o momento, 357.982 pessoas já tiveram a doença no estado. Além disso, pasta informou que em todo o Rio de Janeiro, já foram confirmadas 22.683 mortes por causa da doença.

Coronavírus