PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
11 meses

ES: Menino de 2 anos morre enquanto brincava; briga por chapéu motivou tiro

Vítima chegou a ser levada com vida a um hospital da cidade, mas acabou transferido e não resistiu - Administração do hospital - Avante Social/Divulgação
Vítima chegou a ser levada com vida a um hospital da cidade, mas acabou transferido e não resistiu Imagem: Administração do hospital - Avante Social/Divulgação

Vinícius Rangel

Colaboração para o UOL, em Vitória

14/12/2020 12h11

Uma criança de 2 anos morreu depois de ser baleada na cabeça, enquanto brincava no quintal da própria casa, ontem de manhã. O caso aconteceu no município de São Gabriel da Palha, no noroeste do Espírito Santo. Segundo a Polícia Militar, o tiro que atingiu o menino, partiu de dentro de um bar.

A manhã de domingo acabou em dor e tristeza para a família de Matheus Rodrigues de Almeida. A criança logo cedo resolveu brincar com a areia no quintal de casa, construindo castelos. Por volta das 10h, ela foi alvo de uma bala perdida.

As investigações apontam que o disparo de arma de fogo foi efetuado depois que dois homens começaram uma briga em um estabelecimento por causa de um chapéu. "Os militares apuraram que dois rapazes estavam discutindo em frente a um bar quando um deles pegou uma arma e efetuou diversos disparos", disse a PM em nota enviada à reportagem.

O menino foi levado às pressas ainda com vida para um Hospital da cidade, mas pela gravidade, logo foi transferido para outra unidade em Colatina. Matheus não resistiu aos ferimentos e morreu no final do dia a caminho do hospital infantil em Vitória. Ele será enterrado no cemitério Santa Cecília em São Gabriel da Palha.

A mãe da criança, Lucineide Rodrigues, está grávida de seis meses e muito abalada com toda a tragédia, preferiu não se pronunciar em contato com a reportagem.

A briga

De acordo com informações de testemunhas aos policiais militares, um homem pegou um chapéu emprestado com o autor dos disparos. Só que o rapaz teria perdido o acessório e informou sobre a situação. Tendo em vista a perda, um valor em dinheiro deveria ser pago para sanar o prejuízo, alegou o dono.

O homem ontem pela manhã, apareceu em um estabelecimento para cobrar o dinheiro, mas o rapaz não concordou com o preço e os dois começaram a brigar. O suspeito sacou uma arma, mas acabou sendo contido por populares. Porém, ele conseguiu se desprender e atirou na vítima várias vezes.

Um dos disparos atingiu o menino de 2 anos. A bala acertou a nuca e ficou alojada na cabeça. O suspeito do crime fugiu logo depois, em um carro branco.

A Polícia Civil informou que o caso segue sob investigação da Delegacia de Polícia de São Gabriel, que iniciou diligências assim que tomou conhecimento do fato. Depoimentos estão sendo coletados, e o autor dos disparos já foi identificado, no entanto, até o momento, não foi encontrado. "Outras informações não serão repassadas para que a apuração dos fatos seja preservada", explicou em nota a corporação.

Cotidiano