PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Chacina no Pará: polícia investiga morte de 6 pessoas, uma delas em velório

reprodução
Imagem: reprodução

Luciana Cavalcante

Colaboração para o UOL, em Belém

25/02/2021 18h51

A polícia do Pará investiga a morte de seis pessoas, na noite de ontem, no município de Mãe do Rio, no nordeste do Pará — uma das vítimas estava em um velório. Os crimes aconteceram em locais diferentes do bairro Novo Horizonte, na periferia da cidade que fica a aproximadamente 200 km de Belém.

Um inquérito foi instaurado na Polícia Civil e, segundo a Secretaria de Segurança Pública do Pará, algumas linhas de investigação estão sendo seguidas. Entre elas, a de que os crimes teriam sido motivados após um atentado a tiros sofrido por um policial militar no mesmo dia da chacina. O policial foi ferido em um posto de gasolina, mas se recupera no hospital.

Uma das vítimas chegou a ser socorrida, mas morreu no hospital local. Testemunhas contaram que os criminosos estavam encapuzados. "Eles agiram em pelo menos dois veículos, com pelo menos quatro pessoas encapuzadas", disse o secretário de segurança pública, Ualame Machado.

Segundo a Secretaria estadual de Segurança Pública, duas das seis vítimas tinham passagem pela polícia, por crimes de furto e tráfico, e estavam sendo monitoradas por tornozeleiras eletrônicas.

Uma força-tarefa dos órgãos de segurança está na cidade para apurar os fatos, além de reforçar a segurança no local. Testemunhas já começaram a ser ouvidas e os corpos identificados. Munições deflagradas também já foram encaminhadas para análise.

Há outras suspeitas de motivação para os crimes. "Pode ser tanto uma briga entre organizações criminosas que agem na cidade, quanto de um grupo específico, ou até uma rixa entre eles mesmos", avalia Machado.

A força-tarefa permanecerá na cidade até que o caso seja esclarecido.

Cotidiano