PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Jovem é baleado pela mãe após discussão no interior de São Paulo

Polícia apura se disparo foi acidental ou ato de defesa; mãe e filho foram para hospital - Divulgação
Polícia apura se disparo foi acidental ou ato de defesa; mãe e filho foram para hospital Imagem: Divulgação

Simone Machado

Colaboração para o UOL, em São José do Rio Preto (SP)

05/03/2021 15h52

Uma investigadora da Polícia Civil atirou no próprio filho após ser agredida por ele dentro da casa onde moram, no bairro Anchieta, em São José do Rio Preto (SP), a 440 km de São Paulo. O incidente aconteceu no fim da manhã de hoje.

Segundo apurou o UOL, o rapaz de 22 anos estava agressivo e passou a agredir a mãe a socos depois de uma discussão. Na tentativa de se defender, a mulher teria pegado a arma e atirado na perna do filho. A própria investigadora chamou a polícia.

"Ainda não está totalmente claro se o tiro foi para se defender ou se foi acidental. Como eles (mãe e filho) precisaram de atendimento médico, ainda não foram ouvidos pela polícia para esclarecer os fatos", explica o delegado seccional Silas José dos Santos.

O Corpo de Bombeiros foi chamado e socorreu as vítimas. Com ferimentos, principalmente no rosto, devido às agressões, a investigadora — que não teve o nome divulgado — foi encaminhada para atendimento médico no Hospital de Base. O local é o mesmo onde o filho foi socorrido. Ambos passam bem.

O caso foi registrado na Central de Flagrantes do município. A arma usada pela policial civil era particular e foi apreendida para ser periciada. O homem acabou preso por violência doméstica e passará por audiência de custódia amanhã. A corregedoria da Polícia Civil acompanha o caso.

Cotidiano