PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
8 meses

Fiscalização fecha bares clandestinos na zona leste de São Paulo

28.mar.2021 - Agentes da Polícia Civil abrem locam onde acontecia uma festa clandestina no bairro do Brás, zona leste de São Paulo - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO
28.mar.2021 - Agentes da Polícia Civil abrem locam onde acontecia uma festa clandestina no bairro do Brás, zona leste de São Paulo Imagem: AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

28/03/2021 09h49

Fiscais da Vigilância Sanitária e agentes da Policia Civil fecharam pelo menos duas festas clandestinas em bares da região do Brás, na zona leste de São Paulo, na madrugada deste domingo. Os frequentadores foram detidos. Havia pessoas sem máscara, aglomeração e falta de álcool gel nos locais.

De acordo com a atual fase emergencial do Plano São Paulo, bares, restaurantes e festas estão proibidos de funcionar, sendo permitido apenas os serviços de delivery (durante todo o dia) e drive-thru (das 5h às 20h). A restrição tenta evitar aglomerações e conter o avanço da covid-19 no estado.

Balanço divulgado na última semana mostra que a fiscalização das medidas restritivas em todo o estado de São Paulo fechou 716 festas ilegais no período de um mês.

bar clandestino bras - ETTORE CHIEREGUINI/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO - ETTORE CHIEREGUINI/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO
Pessoas são detidas por agentes da Polícia Civil em bar clandestino no Brás,na zona leste de São Paulo
Imagem: ETTORE CHIEREGUINI/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO

pessoas são detidas  - ETTORE CHIEREGUINI/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO - ETTORE CHIEREGUINI/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO
Pessoas são detidas em bar no Brás, em São Paulo. Fase atual do Plano SP proíbe funcionamento desses estabelecimentos
Imagem: ETTORE CHIEREGUINI/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO

A fase mais restritiva do plano começou a vigorar no dia 15 de março e deveria terminar no dia 30 deste mês, mas foi prorrogada até o dia 11 de abril.

Na fase emergencial, todos os serviços não essenciais ficam fechados e há uma espécie de toque de recolher a partir das 20h. As escolas estaduais ficam abertas apenas para apoio, como fornecimento de merenda, e todas as atividades esportivas, incluindo campeonatos de futebol sem torcida, continuam suspensas.

Denuncias de festas clandestinas e funcionamento irregular de serviços não essenciais podem ser feitas pelo telefone 0800-771-3541, pelo site do Procon-SP ou pelo e-mail do Centro de Vigilância Sanitária (secretarias@cvs.saude.sp.gov.br).

Cotidiano