PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
15 dias

Pastora de 47 anos morre após passar mal durante voo em SP

Religiosa tinha 47 anos e ministrava cultos em Mirandópolis (SP) - Reprodução/Facebook
Religiosa tinha 47 anos e ministrava cultos em Mirandópolis (SP) Imagem: Reprodução/Facebook

Simone Machado

Colaboração para o UOL, em São José do Rio Preto (SP)

21/04/2021 10h40

Uma pastora de 47 anos morreu após passar mal durante um voo entre as cidades paulistas de Campinas e Araçatuba, na tarde de ontem. Samarah de Souza Silva era moradora de Mirandópolis, cidade a cerca de 600 km da capital paulista.

Segundo informações apuradas pelo UOL, Samarah começou a passar mal quando a aeronave ainda estava no ar e chegou a receber os primeiros socorros ainda dentro do avião. O voo em que a pastora estava decolou que Campinas às 13h20 e chegou a Araçatuba (SP) pouco mais de uma hora depois, às 14h30.

Uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) aguardou na pista a chegada da aeronave e socorreu a mulher até um hospital da cidade, porém Samarah já chegou sem vida à unidade médica. A suspeita é de que ela tenha sofrido um infarto.

Em nota, a companhia aérea Azul informou que ao passar mal a passageira "foi prontamente atendida por uma equipe médica no destino, chegou a ser encaminhada ao hospital, mas não resistiu e veio a óbito. A Azul lamenta o ocorrido e ressalta que está prestando toda a assistência necessária aos familiares".

Samarah era pastora na Plenitude Igreja Batista, em Mirandópolis, que lamentou a morte da religiosa nas redes sociais.

"É com muita tristeza em nossos corações que informamos o falecimento de nossa pastora - Samarah de Souza Silva. A Família Plenitude vai sempre lembrar da mulher virtuosa, guerreira e sempre sorridente que você foi. Nós te amamos pra sempre e vamos nos encontrar de novo", diz a publicação.

O prefeito de Mirandópolis, Everton Sodário (PSL), também usou as redes sociais para lamentar a morte da pastora. "Quero manifestar toda minha solidariedade e sentimentos ao meu amigo e pastor da Primeira Igreja Batista Wilson Tadeu da Silva pela precoce partida da sua esposa Samarah, como amigos e irmãos em Cristo sei que a Samarah agora é mais uma das rosas do jardim que o Senhor resolveu colher primeiro que nós", escreveu.

"Que Deus conforte aos filhos, familiares, amigos e membros da igreja que tinham grande amor e carinho por ela, estamos vivendo tempos extremamente difíceis, o que vale é saber o que nos espera além dessa vida, e a Samarah vai com a esperança que todos nós buscamos alcançar. Meus sentimentos e solidariedade a todos em nome da população Mirandopolense", lamentou o político.

Samarah era casada e deixa dois filhos. O corpo será velado hoje no Templo Plenitude da Igreja Batista, no centro, em Mirandópolis, e sepultado mais tarde.

Cotidiano