PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Prefeito de cidade do MS morre de covid-19 após 45 dias internado

Edson Moraes, prefeito de Miranda (MS), morreu de coronavírus - Divulgação/Prefeitura de Miranda (MS)
Edson Moraes, prefeito de Miranda (MS), morreu de coronavírus Imagem: Divulgação/Prefeitura de Miranda (MS)

Daniel César

Colaboração ao UOL, em Pereira Barreto (SP)

01/05/2021 21h03

Após passar mais de 45 dias internado, morreu hoje, 1, o prefeito de Miranda (MS), Edson Moraes (PSDB). Ele faleceu por conta do coronavírus aos 60 anos. Com ele, o país se aproxima de 40 prefeitos mortos pela covid-19 desde o início da pandemia.

Edson foi diagnosticado com a doença em 15 de março e foi internado na própria cidade em que administrava. Quatro dias depois, o prefeito foi transferido para o Hospital Universitário, que fica em Campo Grande (MS).

Ele teve de ser entubado porque seu quadro se agravou e o prefeito permaneceu assim por mais de um mês. No final de abril, a equipe médica chegou a tentar a extubação, mas Edson apresentou quadro de infecção e precisou se manter nos aparelhos para conseguir respirar e se manter vivo. A morte foi confirmada hoje de manhã por complicações do vírus.

Durante o período de intubação do prefeito, a cidade de Miranda chegou a ser comandada pelo presidente da Câmara porque o vice, Fábio Florença (PDT), estava afastado por questões de saúde não reveladas. O vice-prefeito assumiu o cargo hoje e deverá ser empossado em definitivo na próxima semana.

Carreira política

Edson Moraes foi eleito vereador em Miranda nas eleições de 2016 e se tornou presidente da Câmara. Ele comandava o Poder Legislativo do município em 2019 quando o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) cassou a chapa da prefeita Marlene Bossay.

Por conta da proximidade com o novo pleito, ele foi empossado para um mandato tampão. Em 2020, Edson se lançou como candidato a prefeito e obteve expressivos 82% dos votos válidos.

O presidente da Assomasul (Associação dos Municípios do Mato Grosso do Sul), Valdir Júnior, soltou nota de pesar pela morte de Edson Moraes. "Em nome dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul, a diretoria da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul) recebe com tristeza a notícia sobre o falecimento do prefeito de Miranda, Edson Moraes, em decorrência de complicações do coronavírus. Externamos nossas sinceras condolências a toda família e amigos do nosso prefeito, amigo e irmão pela terrível perda ocorrida neste sábado. Edson Moraes deixa uma grande lacuna na vida pública do Estado, além de um grande legado", diz o texto.

A morte de Edson Moraes é mais uma das dezenas causadas pelo coronavírus a prefeitos do Brasil. Dados da Frente Nacional dos Prefeitos revelaram que, desde o início da pandemia, ao menos 37 prefeitos já foram vítima do vírus - até então, eram 36, segundo o site Poder 360. Edson foi o primeiro do Mato Grosso do Sul a perder a batalha para o vírus.

Cotidiano