PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Ele superou a covid e pediu a mão da namorada na porta do hospital; veja

Pedro disse que só pensava em rever a namorada enquanto estava internado - Reprodução/Instagram
Pedro disse que só pensava em rever a namorada enquanto estava internado Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

03/05/2021 10h22

A publicitária Bianca Cardoso, de 22 anos, foi surpreendida pelo namorado Pedro Menegere, de 27, com um pedido de casamento na porta do hospital onde o jovem acabara de receber alta de internação por covid-19, em São Paulo.

Eu não conseguia acreditar no que estava acontecendo, estava tremendo. Ele ajoelhou, debilitado pelo tempo de hospital, e perguntou: 'Você quer se casar comigo?'. Eu chorei o dia inteiro depois disso, foi o melhor momento da minha vida"

Segundo relato de Bianca à Veja SP, Pedro contraiu covid-19 dela, ainda no início de abril. Após sentir febre intermitente e muita tosse, foi internado na Santa Casa de Misericórdia com 70 a 90% do pulmão comprometido e a saturação de oxigênio baixa.

"Ele me disse que nessa hora ficou bem nervoso, porque sabia que seria difícil sobreviver sendo asmático, com o comprometimento dos pulmões, em uma UTI, em um país onde morriam cada vez mais pessoas de Covid diariamente. Mas tentou ter pensamentos positivos no momento da sedação", relata a jovem.

Com a melhora gradual das complicações do novo coronavírus, os médicos foram diminuindo a sedação gradualmente até que, no dia 16 de abril, Pedro retirou a máscara de intubação sozinho e causou um espanto na equipe de enfermagem.

"Um dia antes da extubação, ele próprio se extubou enquanto ainda estava sedado e quase matou a médica do coração. Não voltaram a intubá-lo porque consideraram uma resposta do corpo. Apesar de ter sido muito perigoso o que ele fez, sua peripécia nos rendeu boas risadas", lembra, Bianca.

No dia 18, o casal já trocava mensagens sobre uma "conversa" que precisariam ter, mas que teria que ser pessoalmente. No dia 23, minutos após receber alta e encontrar a família, Pedro encontrou Bianca no estacionamento aos prantos. "Eu estava muito nervosa para o reencontro", diz.

"Quando ele veio me cumprimentar, eu estava chorando e ele começou a falar sobre a importância que eu tive na jornada dele para vencer a Covid. Disse-me que foi sedado pensando que só queria poder me ver de novo, porque ainda tínhamos muito que viver, e usou essa força para vencer a doença", conta.

Essas palavras foram as últimas que ouvi antes de ele colocar a mão no bolso para puxar as alianças. Eu não conseguia acreditar no que estava acontecendo, estava tremendo.

Em publicação no Instagram, Bianca ainda lembrou de um casamento em que o casal foi como convidado e ela entrou na briga na tradicional disputa pelo buquê da noiva. "Em 23/03/19 eu peguei o Buquê em um casamento (onde eu quase desisti de participar da tradição e você insistiu que eu tentasse pegar) E dois anos depois, no mesmo dia, o pedido".

O casamento, que ainda não tem data marcada, deve ocorrer no final de 2022.

Coronavírus