PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Polícia Civil prende suspeitos de dar golpe de R$ 5 milhões no Paraná

PCPR (Polícia Civil do Paraná) em operação  - Divulgação/PCPR
PCPR (Polícia Civil do Paraná) em operação Imagem: Divulgação/PCPR

Colaboração para o UOL

04/05/2021 09h03

A PCPR (Polícia Civil do Paraná) começou hoje uma operação para conter uma organização criminosa, acusada de dar golpe em cerca de 100 pessoas e gerar um prejuízo total em torno de R$ 5 milhões. Foram emitidos cinco mandados de prisão e outros sete de busca e apreensão para investigar o grupo.

A associação é acusada de usar uma empresa de conserto de airbags de carros para aplicar o golpe. As vítimas entravam na companhia como investidores e tinham a promessa de receber, mensalmente, 20% do dinheiro transferido.

Algumas pessoas foram enganadas a pagar além do investimento. O grupo também é investigado por vender carros sem nunca entregar os produtos aos compradores.

Além dessas medidas, a PCPR bloqueou seis contas bancárias. Os mandados de prisão foram executados simultaneamente em cinco locais: Curitiba, Fazenda Rio Grande, Ponta Grossa, Campos Gerais e Matinhos.

Cotidiano