PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Diretor de hospital público no Ceará é preso após invadir casa de ex

Camila Mathias

Colaboração para o UOL

16/06/2021 18h05Atualizada em 16/06/2021 18h14

O médico Victor Torres Melo, de 36 anos e diretor clínico do Hospital Municipal de São Benedito, no Ceará, foi preso por invasão de propriedade, ameaça, violação à medida protetiva e violência doméstica contra a ex-mulher, na noite do domingo (13).

Em vídeo, é possível ver o momento em que Victor Torres quebra o portão da casa onde a ex-companheira estava, com a filha de dois anos, e afirma querer levar a criança. Segundo a família, ele ameaçou a ex-mulher, a irmã, a mãe e o namorado da irmã.

"Tentei ligar pra polícia várias vezes, na terceira eu consegui. Quando eu estava falando com os PM's, ele arrombou a porta da minha casa. A gente tentou controlar a situação, porque a intenção dele era pegar a criança a todo custo", revelou uma familiar da vítima.

O homem foi preso em flagrante e conduzido para a Delegacia Regional de Tianguá, onde permanece preso. Segundo o advogado do médico, Marcos Wesley, a defesa vai tentar obter a liberdade através de habeas corpus no Tribunal de Justiça.

O diretor do hospital público no interior do Ceará já havia ameaçado a ex e familiares dela e, por isso, deveria obedecer medida protetiva.

"Mesmo ele estando preso, a sensação de impunidade é grande. A qualquer hora ele pode ser solto e ninguém sabe o que uma pessoa dessa pode fazer", ressaltou a familiar da vítima.

Victor foi afastado do cargo pela Prefeitura de São Benedito, conforme decreto publicado ontem.

Cotidiano