PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
2 meses

Suspeitos de roubar casa em SP são localizados por GPS de celular

Celulares, monitores, relógios e simulacros de arma de fogo foram encontrados com suspeitos - Reprodução/TV Globo
Celulares, monitores, relógios e simulacros de arma de fogo foram encontrados com suspeitos Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

18/08/2021 15h57Atualizada em 19/08/2021 00h40

Três homens foram presos na noite de ontem suspeitos de roubar uma casa no Morumbi, na capital de São Paulo. Os agentes conseguiram capturar o trio por meio do GPS de um dos celulares levados da residência. O sistema de navegação por satélite consegue fornecer a localização do aparelho a outros eletrônicos.

As informações foram detalhadas no boletim de ocorrência divulgado pela SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública de São Paulo). Segundo o registro, policiais militares faziam patrulhamento pela área do roubo quando foram acionados. Quatro suspeitos teriam rendido os moradores e roubado diversos pertences, fugindo em seguida em dois automóveis das vítimas.

Um quinto suspeito ainda estaria dando cobertura aos demais em um carro de modelo Nissan Kicks, roubado em uma ocorrência anterior e localizado abandonado pouco depois.

O patrulhamento na área também recuperou os outros dois veículos, pertencentes às vítimas da residência no Morumbi. Ao reaver também o sinal de localização do aparelho celular de um dos moradores, os agentes seguiram para uma rua em uma comunidade de Campo Limpo, na zona oeste da capital paulista.

Lá, eles desconfiaram de três homens que entraram em uma casa ao perceberem a presença policial. Os suspeitos têm 18, 21 e 23 anos e foram presos em flagrante por roubo.

Com dois deles, que segundo o BO confessaram participação no crime, foram encontrados relógios e a chave de um dos veículos. O terceiro homem permaneceu calado.

Os policiais conseguiram recuperar também os demais pertences levados da casa, depois de informações repassadas pelo Copom (Centro de Operações da Polícia Militar do Estado de São Paulo) de que eles estariam em uma outra casa da região.

No endereço indicado, eles encontraram uma moradora que afirmou que uma mulher não identificada havia ido até sua residência e pedido para guardar os pertences ali. A testemunha foi levada à delegacia, onde fez retrato falado da suspeita e negou ter conhecimento da procedência dos objetos que estavam em sua casa.

No local, foram apreendidos dois simulacros de pistola, uma TV, monitor de computador, videogames e celulares.

O caso foi registrado pelo 89º DP (Morumbi). A Polícia Civil pediu à Justiça que a prisão dos suspeitos presos em flagrante seja convertida em preventiva. Até o momento, não há mais informações sobre a localização dos outros envolvidos.

Cotidiano