PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
15 dias

Indícios de barco de casal morto são achados a 38 m de profundidade no RJ

Casal que saiu para ver o pôr do sol em uma embarcação em Angra dos Reis (RJ) e não foi mais visto; família de Cristiane Nogueira da Silva faz apelo  - Reprodução/Facebook
Casal que saiu para ver o pôr do sol em uma embarcação em Angra dos Reis (RJ) e não foi mais visto; família de Cristiane Nogueira da Silva faz apelo Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

22/09/2021 17h18Atualizada em 23/09/2021 11h27

O barco Novo Milênio, que havia sumido há exatamente 1 mês durante um passeio do casal Leonardo de Andrade, de 50 anos, e Cristiane Nogueira, de 48, foi encontrado hoje por equipes de Ilha Grande, em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro.

A embarcação está a 38 metros de profundidade, segundo informações da prefeitura do município ao jornal carioca O Globo, e a cinco quilômetros das margens da praia. A baixa visibilidade na região ainda não permitiu o mapeamento que irá ajudar no resgate dos restos do barco.

O corpo do empresário Leonardo Machado de Andrade, de 50, foi encontrado na madrugada de 14 de setembro no mar de Ilha Grande, na Costa Verde do Rio, depois de desaparecer em 22 de agosto. Ele e a ex-mulher, a corretora de imóveis Cristiane Nogueira da Silva, de 48 anos, saíram para um passeio de barco e não deram mais notícias à família.

Segundo as autoridades, a polícia agora trabalha com a hipótese de que o veículo tenha naufragado. Ambos laudos médicos indicam afogamento.

Cristiane foi encontrada morta uma semana após o desaparecimento, no dia 30 de agosto. Ela e Leonardo pretendiam ir de barco até Ilha Verde, uma atração turística da região.

Cotidiano