PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
15 dias

Homem é picado por aranha-marrom em MG e vai parar na UTI

Aranha-marrom tem entre 3 e 4 cm e possui uma picada com capacidade necrosante - Philipe de Liz Pereira/Creative Commons
Aranha-marrom tem entre 3 e 4 cm e possui uma picada com capacidade necrosante Imagem: Philipe de Liz Pereira/Creative Commons

Colaboração para o UOL, em Guarulhos (SP)

23/09/2021 12h04Atualizada em 23/09/2021 20h15

Um homem está na UTI após ser picado por uma aranha-marrom, em São Tomé das Letras (MG). Anderson Pompeu, de 35 anos, sofreu a picada enquanto dormia, há dez dias.

A esposa o levou até o hospital, onde ele teve complicações como anemia, dificuldades renais e necessitou de transfusão de sangue, segundo a EPTV.

Anderson está no Hospital São Sebastião e precisou de cerca de 30 bolsas de sangue durante o tratamento. Segundo os médicos, o estado do paciente é estável.

De acordo com o Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo (CRMV-SP), os animais peçonhentos representam maior risco durante épocas mais quentes. A primavera é a época de reprodução dessas espécies, que aumentam suas atividades principalmente durante o verão.

Na região do Sul de Minas, as aranhas que mais geram problemas são a marrom, armadeira e viúva negra, e, só em 2021, houve 137 casos de picadas envolvendo essas três espécies, segundo a emissora.

Amanhã, um grupo de 30 amigos de Anderson deve se mobilizar para doar sangue no Hemominas da cidade mineira de Pouso Alegre.

Ingrid Batista Gomes, responsável pela captação de sangue no hospital em que o paciente está internado, destaca que, para doar, é preciso ter boa condição de saúde, estar entre 16 e 69 anos e não ter contraído hepatite durante os últimos 11 anos.

Cotidiano