PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
3 meses

Filho mata pai PM a facadas para defender mãe de agressões, diz polícia

Polícia Militar aposentado foi morto com dois golpes de faca dados pelo filho - Getty Images
Polícia Militar aposentado foi morto com dois golpes de faca dados pelo filho Imagem: Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/10/2021 13h21Atualizada em 04/10/2021 13h21

Um homem de 29 anos foi detido depois de matar o pai, o policial militar aposentado Júlio César de Abreu, de 56 anos, com duas facadas, na noite de ontem, em São José da Lapa, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Segundo a polícia, ele matou o pai para defender a mãe de agressões.

De acordo com o BO (boletim de ocorrência), Júlio chegou à residência da família, na rua Ari Fonseca Amaral, no Bairro Dom Pedro I, bastante alterado, depois de passar o dia em um clube da cidade ingerindo bebidas alcoólica. Ao retornar para casa, passou a xingar a esposa, de 50 anos.

Em seguida, o militar aposentado agrediu a mulher com um cabo de vassoura, depois pegou uma faca e partiu em direção a ela, segundo o relato no BO. Nesse momento, ao ver a mãe sendo agredida, o filho do casal entrou em luta corporal com o pai, pegou a faca e deu dois golpes no militar aposentado, atingindo o pescoço e o tórax do homem.

A família chamou a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros. Júlio foi socorrido e levado para o Hospital Risoleta Tolentino Neves, em Belo Horizonte, mas morreu horas após dar entrada na unidade de saúde.

Com ferimento no braço devido às agressões, a mulher também precisou passar por atendimento médico.

O filho do casal foi levado para a delegacia onde prestou depoimento. Como a versão dele e da mãe caracterizaram legítima defesa, o rapaz foi liberado.

Ainda segundo a ocorrência, o policial aposentado frequentemente chegava em casa alcoolizado, o que resultava em brigas entre o casal.

Cotidiano