PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Homem grava momento em que é baleado por vizinho após briga por gado em MG

Colaboração para o UOL

04/07/2022 18h52

Um agricultor de 44 anos foi baleado, na zona rural de Santana do Jacaré (MG), por um vizinho, que, segundo a polícia, justificou a atitude alegando que suas terras teriam sido invadidas pelo gado da vítima. O momento em que o vizinho se aproxima e efetua diversos disparos foi registrado em vídeo pela vítima, que manteve a câmera do celular ligada durante a ação. Ele foi preso em flagrante.

A vítima foi atingida por dois projéteis, um deles se alojou no abdômen e o outro, no braço. Ele foi encaminhado a um hospital da região e passou por uma cirurgia para retirada das balas. Seu quadro é estável.

Nas imagens, é possível ver o homem, de 59 anos, saindo de um veículo, em uma estrada de terra, vestindo um boné azul e uma camisa polo vermelha. Segurando um celular na mão esquerda, como se também estivesse filmando a cena, ele se se aproxima e saca uma arma com a mão direita, apontando na direção do agricultor, que afirma: "Ele diz que vai me matar". O homem então responde: "Olha lá. Ele está aqui com dois capangas querendo me pegar".

Ele continua avançando na direção do agricultor, ergue a arma e efetua os disparos. A vítima começa a gritar: "Faz isso não, rapaz, faz isso não". Nesse momento, a vítima baixa o celular e a partir daí só é possível ver o chão e a vegetação enquanto o homem corre, e ouvir seus gritos. No vídeo é possível escutar pelo menos seis disparos.

Segundo a polícia, mesmo após baleada, a vítima ainda conseguiu entrar em luta corporal com o vizinho, que fugiu. Ele foi localizado horas depois e disse aos agentes que teria ouvido de algumas pessoas que o agricultor o teria acusado de derrubar parte da cerca que divide as propriedades para deixar o seu gado pastar nas terras dele.

Ele disse ainda que teria se dirigido ao local para registrar em vídeo que não havia nada de errado com a cerca e que as acusações da vítima seriam infundadas, quando teria sido surpreendido pelo agricultor e "dois capangas armados". Por essa razão, teria ido buscar sua arma no carro.

A Polícia Civil não divulgou os nomes da vítima e do investigado pelo crime. O UOL não conseguiu localizar a defesa do autor dos disparos, que foi autuado e preso em flagrante por tentativa de homicídio. Em seguida, ele foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Cotidiano