Topo

Conteúdo publicado há
10 meses

Seis suspeitos são presos em operação contra quadrilha do Pix em SP

A quadrilha mantinha reféns durante os golpes e os obrigava a fazer transferências bancárias via Pix - Reprodução/TV Record
A quadrilha mantinha reféns durante os golpes e os obrigava a fazer transferências bancárias via Pix Imagem: Reprodução/TV Record

Colaboração para o UOL

13/06/2023 10h07

A Polícia Civil de São Paulo iniciou na madrugada de hoje uma operação contra uma quadrilha envolvida em extorsão por meio do Pix durante roubos a residências, que já resultou na prisão de seis suspeitos, segundo informações da TV Bandeirantes.

O que se sabe:

A operação visa desarticular uma quadrilha que praticava extorsão utilizando o Pix como meio de pagamento durante assaltos a residências em São Paulo.

Foram cumpridos 12 mandados de prisão e oito de busca e apreensão durante a operação.

A investigação começou no início do ano, após um casal ter sido feito refém por cinco criminosos em sua casa, na zona leste da cidade. O casal foi obrigado a realizar transferências via Pix, totalizando um prejuízo de R$ 100 mil.

A polícia identificou o chefe da quadrilha, conhecido como "Hércules", que já está preso e teria cometido outros crimes. Ele também é apelidado de "Rei do Pix", segundo a Band TV.

Outros membros da organização criminosa foram detidos, incluindo os "conteiros" responsáveis por fornecer as contas bancárias para receber as transferências, segundo apurou a Record TV. A namorada de "Hércules", Milena, estava entre os alvos.

A SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública de São Paulo) confirmou que os seis presos e os materiais apreendidos foram encaminhados à 5ª Delegacia Seccional Leste, localizada no bairro Tatuapé, zona leste de São Paulo.