Conteúdo publicado há 6 meses

Piloto faz vídeo da cabine para mostrar que avião não foi sequestrado; veja

Um piloto da Azul gravou um vídeo para provar que o avião que ele pilotava não havia sido sequestrado. Um alarme falso de "sequestro" emitido na cabine da aeronave na noite de ontem provocou o fechamento do aeroporto de Congonhas e o cancelamento de voos.

O que aconteceu

O comandante quis mostrar de dentro da cabine que estava tudo bem. Um vídeo que circula em grupos de WhatsApp de aviação mostra que o piloto, que não se identificou, fez a filmagem com a câmera de um celular e exibiu a aeronave isolada na pista auxiliar de Congonhas para dizer às autoridades que tudo não passou de um equívoco. Ele estava acompanhado do copiloto.

O avião já tinha pousado na capital paulista. Segundo o que disse o piloto no vídeo, todos os passageiros estavam dentro da aeronave havia pelo menos 40 minutos à espera do desembarque. Ele até mostrou a movimentação nos corredores por meio de uma câmera localizada na cabine de comando

A cabine tá ok. A cabine tá fechada. Não tem nada de errado, não tem interferência ilícita, tá ok? [...] A cabine de passageiros está em ordem, os passageiros estão sentados. Alguns já estão se levantando para ir ao banheiro, não tem como segurar, a gente já está aqui há 40 minutos. Mas, nenhuma interferência, tudo certo, tudo sob controle.
Piloto da Azul em vídeo

Código que trata de "interferência ilícita" foi enviado indevidamente à torre de controle do aeroporto às 20h50. A Azul não confirma quem foi o responsável pelo alarme falso.

O voo AD 4277 saiu ontem de Recife com destino a São Paulo. Durante o trajeto, a cabine do avião teria enviado o código.

A Polícia Federal executou um protocolo de segurança. A instituição suspendeu as atividades em Congonhas e cerca de 20 voos foram cancelados, segundo a Infraero. A situação foi normalizada às 21h49.

Os procedimentos para essa situação foram seguidos pela companhia, por todas as instituições e autoridades envolvidas. Após a confirmação da normalidade, a aeronave seguiu para a posição de parada final. Os clientes e tripulantes desembarcaram em total segurança.
Azul, em nota

*Com informações da Agência Estado

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes