Irmão de Sâmia e colegas: quem são os médicos assassinados no Rio

Três médicos morreram e outro ficou ferido na madrugada de hoje após criminosos saírem de um carro e dispararem contra o grupo, que estava em um quiosque na orla da avenida Lúcio Costa, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio.

Quem são as vítimas?

Marcos de Andrade Corsato, Diego Ralf de Souza Bomfim e Perseu Ribeiro Almeida (da èsq. para a dir.) foram mortos no Rio
Marcos de Andrade Corsato, Diego Ralf de Souza Bomfim e Perseu Ribeiro Almeida (da èsq. para a dir.) foram mortos no Rio Imagem: Reprodução

Diego Ralf Bomfim, de 35. Ele é irmão da deputada federal Sâmia Bomfim (PSOL-SP) e cunhado do também deputado federal Glauber Braga (PSOL-RJ), marido de Sâmia. Ortopedista e traumatologista, Diego foi socorrido para o Hospital Lourenço Jorge, mas não resistiu.

Diego Ralf Bomfim, 35 anos
Diego Ralf Bomfim, 35 anos Imagem: Divulgação

Especializado em traumatologia, em cirurgia do pé e tornozelo, ele se formou em medicina na Universidade do Oeste Paulista. Sua última especialização —alongamento e reconstrução óssea— foi realizada no Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Além de Sâmia, ele deixa a irmã Dayane, além dos pais, Antonia Bomfim e Domingos Bomfim. Nas redes sociais, ele postou uma foto com toda a família em dezembro de 2021, quando finalmente pôde se reunir com a família. "Primeira foto de nós 8 juntos! Se me perguntarem o que é ter sorte, mostrarei essa foto", escreveu.

Marcos de Andrade Corsato, 62 anos
Marcos de Andrade Corsato, 62 anos Imagem: Divulgação

Marcos de Andrade Corsato, 62 anos. Diretor do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, Corsato morreu ainda no local. Ele faria aniversário na semana que vem.

Continua após a publicidade

Ele também atendia em consultórios particulares. Um deles, na Mooca, zona leste de São Paulo, leva o seu nome. Ele também atendida na Clínicas Rebouças, em Pinheiros.

O médico também trabalhou por nove anos no Hospital Sírio-Libanês. Em nota, a instituição lamentou o crime. "Sua partida repentina deixa um vazio imensurável em nossa instituição e na comunidade médica como um todo", escreveu.

Perseu Ribeiro Almeida, 33
Perseu Ribeiro Almeida, 33 Imagem: Divulgação

Perseu Ribeiro Almeida, 33 anos. Morreu no local do crime. Formado em medicina pelo Instituto Mantenedor de Ensino Superior da Bahia (2017), era ortopedista e traumatologista especializado em cirurgia do pé e tornozelo pelo Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Baiano, "Dr. Perseu" dedicou os últimos 5 meses de sua vida ao Hospital Geral de Ipiaú, onde atendia com dedicação e comprometimento os cidadãos de Ipiaú e da região", afirmou em nota a prefeitura da cidade, a 360 km de Salvador.

Daniel Sonnewend Proença, 33. Ele sobreviveu e está internado em estado grave no Hospital Lourenço Jorge, na Barra. Atingido por pelo menos três tiros, a previsão era de que ele seja transferido para um hospital particular. Ele se especializou em cirurgia do tornozelo e do pé depois de se formar na Faculdade de Medicina de Marília em 2016.

Continua após a publicidade

O que aconteceu

Os médicos foram atacados enquanto confraternizavam. Eles estavam hospedados no Windsor Barra Hotel, onde hoje estava previsto para começar o 6º Congresso Internacional de Cirurgia Minimamente Invasiva do Pé e Tornozelo.

Vítimas tiraram foto no quiosque antes do crime
Vítimas tiraram foto no quiosque antes do crime Imagem: Reprodução

Três homens vestidos de preto chegaram de carro ao quiosque por volta da 1h. Eles estacionaram o veículo do outro lado da rua, desceram do automóvel e efetuaram os disparos. Enquanto os frequentadores do quiosque corriam, os assassinos voltaram para o carro e fugiram, em uma ação que durou menos de um minuto.

A Polícia Militar fez buscas na região, mas não localizou os homens. A Delegacia de Homicídios da Capital realizou perícia no local e assumiu a investigação.

Em nota, o IOT HCFMUSP (Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP) lamentou o crime.

Continua após a publicidade

Recebemos com consternação a notícia do falecimento de Marcos de Andrade Corsato, médico assistente dedicado e atuante do grupo de Tornozelo e Pé da instituição, bem como dos ex-residentes Diego Ralf Bomfim e Perseu Ribeiro Almeida. O IOT- HCFMUSP estende as condolências aos familiares e amigos.
IOT- HCFMUSP, em nota

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes