Fábrica de dinheiro começou em zoológico: como surgiu o jogo do bicho?

Você provavelmente já ouviu falar no jogo do bicho, ou até já passou em frente a algum estabelecimento que tinha uma banquinha para você apostar. Apesar do sucesso no país e de ter feito muitos bicheiros milionários, o jogo é ilegal no Brasil. Considerado contravenção, é uma infração legal de menor potencial ofensivo.

Mas como surgiu o jogo do bicho?

Em 1892, o barão João Batista Drummond teve uma ideia para atrair visitantes a seu zoológico em Vila Isabel, zona norte do Rio: a criação de uma rifa.

No começo do dia, ele escolhia um animal de uma lista de 25 e colocava a imagem em uma caixa. Quem participava, ganhava um tíquete com a estampa desses animais. No fim do dia, vencia quem tinha a foto da caixa. O prêmio era o equivalente a 20 vezes o valor da entrada do zoológico.

O sucesso fez com que o jogo do bicho começasse a ser vendido em outros lugares no Rio de Janeiro, além do zoológico.

02 mar. 1956 - Homem aposta no jogo do bicho em banca no Recife, em Pernambuco
02 mar. 1956 - Homem aposta no jogo do bicho em banca no Recife, em Pernambuco Imagem: Arquivo/Estadão Conteúdo/AE

Logo, a atividade foi criminalizada pelo bem da segurança pública, segundo o governo.

A tentativa de coibir o jogo só fez com que aumentasse a corrupção policial e de autoridades públicas no Rio de Janeiro.

'Credibilidade'

Mas como confiar em algo que é ilegal e que você não pode chamar a polícia caso não receba o prêmio?

Continua após a publicidade

Para aumentar a confiança, os bicheiros passaram a divulgar os resultados dos sorteios em postes pela cidade, por exemplo. Com o tempo, passaram a usar os números da Loteria Federal como uma forma de dar "transparência" à contravenção.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes