Conteúdo publicado há 2 meses

PF prende português suspeito de traficar bebês para a Europa

Um homem foi preso hoje em uma operação contra um esquema de tráfico internacional de bebês. Os recém-nascidos seriam levados do interior de São Paulo para Portugal.

O que aconteceu

O homem, de nacionalidade portuguesa, foi preso preventivamente. Ele chegou a levar uma recém-nascida para Portugal, segundo a investigação.

O suspeito detido registrou ao menos duas recém-nascidas no mesmo hospital de Valinhos em menos de um mês, o que gerou suspeitas.

Ele apresentou documentos falsos à Justiça para pedir guarda unilateral, o que permitiria que ele deixasse o Brasil sem autorização das mães dos bebês.

Uma das bebês ainda está no hospital, segundo a PF. Ela foi abandonada pela mãe.

Os sistemas da PF identificaram quatro viagens feitas pelo investigado entre Brasil e Portugal, em 2015, 2021 e 2023.

Neste ano, foram duas viagens, sendo a última em 24 de outubro. Nesta data, o português levou uma recém-nascida para Portugal e, agora, retornou sem a bebê. A suspeita é de que ele teria vindo buscar o outro recém-nascido.

Além da prisão, a PF cumpriu outros cinco mandados de busca, nas cidades de Valinhos e Itatiba, as duas a cerca de 80 km da capital.

Envolvidos podem responder por crimes que podem render até 18 anos de prisão, como tráfico internacional de crianças, registro falso e outros.

Continua após a publicidade