Ataques a Bar Brahma e a McDonald's em SP não têm relação, diz polícia

Os ataques ao Bar Brahma e ao McDonald's em um intervalo de 24 horas na região central de São Paulo não foram cometidos pelo mesmo grupo, diz a Polícia Civil.

O que aconteceu

Investigações indicam que o Bar Brahma, na esquina entre as avenidas Ipiranga e São João, foi apedrejado por suspeitos de envolvimento em uma tentativa de furto no último domingo. Segundo a polícia, o grupo depredou o estabelecimento porque um dos suspeitos estava sendo agredido por testemunhas.

Já o McDonald's foi atacado ontem por entregadores de aplicativo após um desentendimento com funcionários do restaurante. Seis motociclistas participaram da ação e fugiram após a chegada de reforço policial, informou a SSP (Secretaria da Segurança Pública).

O Bar Brahma e o McDonald's do centro da capital paulista ficam a apenas 100 metros de distância. A SSP não informou se os envolvidos nos ataques foram identificados ou detidos.

A assessoria do Bar Brahma contou ao UOL que ninguém saiu ferido. Procurado pela Folha de S.Paulo, o McDonald's não se manifestou.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora